Fique de olho

Os 5 assuntos que vão movimentar o mercado nesta terça-feira

Após o dia de pânico na véspera, sessão é mais tranquila para mercados mundiais; investidores ficam atentos ao plano econômico contra a crise de Trump

Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, com fundo preto, gesticulando durante comício
(Shutterstock)
Aprenda a investir na bolsa

Após o turbilhão da véspera, que fez o Ibovespa cair 12,17% no pior pregão desde 1998, hoje os mercados se acalmaram depois que os governos dos Estados Unidos e do Japão sinalizaram novos estímulos à economia, mas a cautela persiste com Arábia Saudita e Rússia elevando suas produções. Na véspera, o dia foi de pânico com os sauditas escalando a sua guerra de preços depois do acordo da Opep+ fracassar.

O presidente da China, Xi Jinping, visitou na manhã de hoje a cidade de Wuhan, epicentro do surto do coronavírus que estourou em 22 de janeiro. A visita de Xi deu impulso às bolsas da Ásia, que fecharam em alta. No Brasil, os mercados observam com atenção a divulgação da produção industrial de janeiro pelo IBGE.

A sessão aponta para recuperação também no Brasil. O ETF brasileiro EWZ sobe 8,32% (de acordo com cotação das 8h34) no pré-market da Nyse após a derrocada de 14,53% da última segunda-feira. Com dia de recuperação do petróleo, ADRs da Petrobras equivalente às ações ordinárias sobem 11,29%, a US$ 8,08, no pré-market da bolsa de Nova York, após a derrocada de 30,99% na véspera, enquanto o CDS do Brasil cai 8,2%, para 171 pontos, após a disparada de 30% de ontem.

Aprenda a investir na bolsa

No noticiário corporativo, destaque para a venda de cinco campos de gás natural da Petrobras na Bahia e para a emissão de debêntures planejada pela construtora Helbor. Na noite de ontem, Direcional Engenharia e CESP publicaram balanços.

1. Bolsas mundiais

Após as quedas gigantescas de ontem, os mercados voltaram hoje mais calmos. As bolsas de valores da Ásia fecharam em alta modesta. O presidente chinês Xi Jinping visitou a cidade de Wuhan, epicentro do surto do coronavírus, e o governo japonês garantiu que medidas de estímulo fiscal estão a caminho, o que gerou maior calmaria para o investidor. O coronavírus segue em expansão em países como a Itália, mas a China anunciou apenas 19 novas infecções – menor número desde 18 de janeiro.

Na Europa, as bolsas abriram com alta moderada. Milão, que ontem despencou 11% -a maior queda na Europa – estava no terreno positivo na manhã de hoje (hora de Brasília). Em Nova York os futuros avançavam, após o presidente americano Donald Trump ter prometido na noite de ontem reduzir impostos sobre a folha de pagamento e salários, além de auxiliar trabalhadores contaminados pelo coronavírus. Contudo, deixará de fora ajuda ao o setor de viagens, disseram fontes à Bloomberg. Trump deve falar sobre o assunto em coletiva de imprensa nesta terça.

Os metais sobem em Londres e minério de ferro se valoriza. Já o petróleo se recupera parcialmente da derrocada de ontem, quando o WTI perdeu 25%, mas alta se acomodou com tanto os sauditas quanto a Rússia anunciando aumentos de produção.

Veja o desempenho dos mercados, às 7h27 (horário de Brasília):

Nova York
*S&P 500 Futuro (EUA), +4,29%
*Nasdaq Futuro (EUA), +4,39%
*Dow Jones Futuro (EUA), +4,12%

PUBLICIDADE

Europa
*Dax (Alemanha), +3,60%
*FTSE (Reino Unido), +3,87%
*CAC 40 (França), +4,06%
*FTSE MIB (Itália), +3,20%

Ásia
*Nikkei (Japão), +0,85% (fechado)
*Kospi (Coreia do Sul), +0,42% (fechado)
*Hang Seng (Hong Kong), +1,41% (fechado)
*Xangai (China), +1,82% (fechado)

*Petróleo WTI, +5,01%, a US$ 32,71 o barril
*Petróleo Brent, +4,60%, a US$ 35,94 o barril

**Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian fecharam com alta de +4,91%, cotados a 662.500 iuanes, equivalentes a US$ 95,33 (nas últimas 24 horas). USD/CNY= 6,9493 (+0,03%)
*Bitcoin, US$ 7.885,43 +0,20%

2. Indicadores econômicos

A Fipe publicou na madrugada de hoje a inflação da primeira semana de março na capital paulista, com alta de 0,15% na primeira quadrissemana do mês. O IBGE publica às 9h a produção industrial brasileira de janeiro, principal indicador do país no dia. Na União Europeia, o Eurostat divulga às 7h o PIB do quarto trimestre de 2019. A produção industrial do 1º mês de 2020 deve ter registrado alta de 0,6% na comparação mensal, segundo estimativa mediana em pesquisa Bloomberg, ante queda de 0,7% na medição anterior.

Já o Banco Central faz leilão de venda à vista de até US$ 2 bilhões, das 9h10 às 9h15, após dólar ontem subir 2,1%, para R$ 4,7224, na sexta alta seguida. O anúncio vem após diretor de política monetária do BC, Bruno Serra, dizer ontem que o banco vai intervir no câmbio pelo tempo necessário. O dólar fechou em novo recorde ontem mesmo com, os leilões no mercado à vista, mas a alta perdeu força no final da sessão após vendas que totalizaram US$ 3,465 bilhões em duas ofertas.

3. Política

Em visita à Florida, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que foi eleito no primeiro turno em 2018 e que é preciso tornar a contagem de votos “mais segura” no Brasil. Bolsonaro disse que houve fraude eleitoral em 2018.

“Pelas provas que tenho nas minhas mãos, que vou mostrar brevemente, eu fui eleito em primeiro turno mas, no meu entender, houve fraude,” disse Bolsonaro em evento, de acordo com vídeo divulgado pela TV Record no Twitter.

PUBLICIDADE

Além dos ataques à Justiça Eleitoral e à imprensa, o presidente aumentou a pressão sobre o Congresso, ao dizer que as manifestações que apoia para 15 de março podem arrefecer se os parlamentares aceitarem a sua proposta para repartição do orçamento. A Câmara pode votar hoje a destinação de R$ 30 bilhões de recursos das emendas dos deputados federais.

4. Política americana

O Partido Democrata dos Estados Unidos realiza primárias hoje em seis estados: Michigan, Washington, Dakota do Norte, Idaho, Mississippi e Missouri. O ex-vice-presidente Joe Biden é favorito no Michigan, onde tem a simpatia da população afro-americana e da classe média com estudo universitário, enquanto o senador Bernie Sanders tem a preferência do eleitorado mais jovem. Sanders, derrotado na Super Terça, precisa vencer pelo menos no Michigan, que tem 125 delegados, para se recuperar na disputa.

5. Noticiário corporativo

A Petrobras informou que vendeu quatro campos de gás natural no interior da Bahia para a Eagle Petróleo e Gás, por US$ 3,01 milhões (R$ 14,3 milhões). Já a construtora Helbor, de São Paulo (SP), comunicou que fará uma emissão de debêntures simples para levantar R$ 47 milhões. A CPFL – Companhia paulista de Força e Luz, e a Direcional Engenharia, publicaram balanços na noite de ontem.

(com Agência Estado e Bloomberg)

Quer investir melhor o seu dinheiro? Clique aqui e abra a sua conta na XP Investimentos