Oracle deve ser o centro das atenções após o pregão nos EUA

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

A Oracle, segunda maior fabricante mundial de softwares, deve anunciar hoje, após o fechamento regular do pregão, o resultado do segundo trimestre fiscal da empresa, que vai até dia 30 de novembro. O mercado espera que a Oracle divulgue resultados dentro do esperado, mesmo porque qualquer diminuição nas projeções iniciais pressionará negativamente as ações da companhia.
O consenso do mercado é de um lucro por ação de US$ 0,10 e de receitas de US$ 2,7 bilhões no trimestre. Apesar da maior parte das receitas serem relacionadas aos bancos de dados da Oracle, os investidores estarão de olho em um outro negócio, o de aplicativos. Os aplicativos são softwares que atuam em todas as atividades de uma empresa, desde contabilidade até recursos humanos, nos quais a empresa tem investido pesadamente. No trimestre anterior, que terminou em agosto, a empresa divulgou crescimento de 42% nas vendas de aplicativos, abaixo da expectativa de analistas que apontavam variação positiva de 50%.
Em tempos em que gigantes de tecnologia como Gateway, Intel e Cisco estão baixando suas expectativas de lucro e receitas para o próximo trimestre, a Oracle não se pronunciou neste sentido. Para o mercado, isso significa que as vendas da Oracle estão indo bem. Por isso, qualquer linha de negócio que não atingir as projeções poderá ser suficiente para derrubar a cotação das ações da empresa já no after-hours.
Os investidores norte-americanos estarão atentos à Oracle, mas outras empresas também devem divulgar resultados após o fechamento das bolsas, dividindo as atenções. Os anúncios de hoje deverão atingir diferentes segmentos, uma vez que a fabricante de softwares Adobe, a holding de Internet CMGI e o provedor de ambientes Linux Red Hat devem reportar seus resultados.
As ações da Oracle estão sendo cotadas a US$ 29,25, em alta de 3,08% em relação ao fechamento anterior. A CMGI também está subindo 3,25%, cotada a US$ 9,94. Por outro lado, as ações da Adobe estão cotadas a US$ 57,00, representando baixa de 13,88%; assim como as ações da Red Hat, que estão em queda de 10,14%, sendo negociadas a US$ 8,31.

Compartilhe