Paralisação

OpenSea suspende negociação de NFTs do Sands Vegas Casino Club

Série de NFTs “Gambling Apes” promete participação nos lucros de cassinos construídos no metaverso

Por  CoinDesk -

A OpenSea, uma das principais plataformas de tokens não fungíveis (NFTs) do mundo, suspendeu a negociação dos NFTs “Gambling Apes” do Sands Vegas Casino Club depois que os reguladores dos estados americanos do Texas e do Alabama ordenaram a interrupção das negociações, pois foram classificados como títulos não registrados.

O Sand Vegas Casino Club, com sede no Chipre, disse que os detentores dos NFTs Gambling Apes podem ter direito à participação nos lucros dos cassinos constituídos no metaverso.

BlackyJefferson21, líder comunitário do projeto, disse que sua equipe está trabalhando com advogados e entrou em contato com o Texas e o Alabama de “boa fé” para discutir os próximos passos.

Outro administrador disse que a equipe pretende cumprir todas as leis e regulamentos, mas “anteriormente não estava sujeita a nenhum requisito de registro e não foi contatada por nenhuma organização governamental sobre os requisitos de registro”.

A equipe previu ganhos de até US$ 24.480 com as NFTs “Gambler” e até US$ 81.000 por ano com as NFTs “Golden Gambler”.

“Parece que o principal problema com os NFTs ‘Gambler’ é que havia uma expectativa explícita de participação nos lucros, o que parece entrar em conflito com o teste Howey (mecanismo que determina se um ativo pode ser considerado valor mobiliário) da SEC”, disse Christopher LaVigne, sócio da equipe de litígios e arbitragem da empresa Withers.

LaVinge disse que, se a SEC determinar que um mercado NFT está fornecendo uma plataforma de negociação de títulos, certamente considerará que o mercado está operando como uma bolsa não licenciada.

A OpenSea não respondeu a um pedido de comentário da CoinDesk até o momento da publicação da matéria.

Os NFTs agora estão listados na LooksRare e continuam sendo negociados, de acordo com dados da Etherscan.

O perfil do projeto no Twitter foi removido e muitos dos membros da equipe listados não tuitam há meses.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe