After market

Odebrecht e mais 2 empreiteiras são rebaixadas; 2 dividendos e mais 2 notícias no radar

Confira as notícias que movimentam o mercado após o fechamento da Bolsa nesta terça-feira

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O noticiário da noite desta terça-feira (29), último dia do primeiro semestre, segue agitado, com destaque para anúncios de dividendos. Enquanto isso, algumas empreiteiras sofreram um corte da Fitch como consequência dos escândalos da Lava Jato. Confira os destaques do after hours de hoje: 

Construtoras
A agência de classificação de riscos Fitch rebaixou as notas de crédito das empreiteiras Odebrecht Engenharia e Construção, Construtora Andrade Gutierrez e Construtora Queiroz Galvão, citando em relatório as implicações do escândalo da Operação Lava-Jato. Além disso, foram removidas as observações negativas dos ratings das três companhias e atribuídas perspectivas negativa para as notas. 

“Essas mudanças refletem a percepção da Fitch de que possíveis implicações no fluxo de caixa resultantes da Lava-Jato não devem se materializar nos próximos seis meses”, disse a Fitch em relatório. A perspectiva negativa, por sua vez, é resultado da Lava-Jato e também da deterioração do cenário macroeconômico doméstico. 

Aprenda a investir na bolsa

O rating da Odebrecht foi cortado de BBB para BBB-, refletindo a prisão de Marcelo Odebrecht, presidente do grupo. “A Fitch continua preocupada sobre danos à reputação da companhia que possam ser causados no médio prazo no caso de assinatura de novos contratos e obtenção de empréstimos”, disse. Já o rating da Andrade Gutierrez foi rebaixado de BBB- para BB+, perdendo o grau de investimento, enquanto a Queiroz Galvão teve o rating em escala nacional rebaixado de A para A-, refletindo o enfraquecimento de seu balanço e a deterioração da economia brasileira.

Ultrapar
A Ultrapar (UGPA3) comunicou hoje em fato relevante que haverá mudanças em sua diretoria executiva. André Covre passará a ocupar a posição de Diretor-Superintendente da Extrafarma a partir de 20 de julho. 

Pires atuou em posição similar na Gerdau (GGBR4), e possui experiência em instituições de grande porte com cultura de gestão financeira responsável e alcance internacional.

Multiplan
A Multiplan (MULT3) comunicou hoje que o Conselho de Administração da Companhia deliberou o pagamento de JCP (Juros sobre o Capital Próprio) em um total de R$ 90 milhões, R$ 0,47 por ação.

 As ações serão negociadas “ex juros” a partir de 1 de julho e o pagamento será realizado aos acionistas até 31 de dezembro de 2015. Farão jus ao recebimento de juros sobre o capital próprio os acionistas inscritos nos registros da Companhia em 30 de junho de 2015.

Pine
O Conselho de Administração do Banco Pine (PINE4) aprovou hoje o pagamento de juros sobre o capital próprio referentes ao segundo trimestre de 2015, no montante bruto total de R$ 19 milhões.

PUBLICIDADE

O pagamento será realizado no dia 15 de julho e serão distribuídos R$ 0,1640702034 por ação ordinária ou preferencial. As ações passarão a ser negociadas “ex-direitos” a partir do dia 1 de julho.

Guararapes
O Estado de São Paulo divulgou, no dia 29 de junho, notícia dizendo que a Riachuelo poderá rever o número de abertura de lojas, que seria de 40 unidades neste ano, mas poderá ficar um pouco abaixo de 30, e que o investimento da loja será mantido em torno de R$ 550 milhões. Assim, a Guararapes (GUAR3GUAR4) solicitou esclarecimentos sobre o teor da referida notícia, bem como outras informações consideradas importantes.

A companhia esclarece que, em 2013 e 2014 foram inauguradas, respectivamente, 43 e 45 novas lojas, mas a quantidade de inaugurações este ano passará de 40 para aproximadamente 30 lojas. Assim, a previsão de capex (investimentos) da Companhia para este ano será de aproximadamente R$500 milhões.