Apple

O tuíte que fez com que o valor da Apple saltasse US$ 8 bi em apenas um dia

O gestor ativista Carl Icahn, em apenas um tuíte, fez com que o valor de mercado da Apple saltasse mais de US$ 8 bilhões na segunda-feira

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A última segunda-feira foi marcante – e bastante positiva – para os detentores de ações da Apple. O gestor ativista Carl Icahn, em apenas um tuíte, fez com que o valor de mercado da Apple saltasse mais de US$ 8 bilhões em apenas um dia, conforme destaca matéria do Market Watch da última segunda-feira.

Icahn tornou pública uma carta escrita por ele ao presidente-executivo da Apple, Tim Cook, dizendo acreditar que as ações da Apple valem US$ 240, ou 86% acima do fechamento da última sexta-feira. Isso daria à Apple um valor de mercado de US$ 1,4 trilhão.

“Com a ação da Apple sendo negociada a apenas US$ 128,77, em oposição à nossa avaliação de US$240, agora é a hora de uma recompra muito mais agressiva”, escreveu Icahn na carta aberta.

Aprenda a investir na bolsa

A ação da Apple fechou com alta de 1,1% na segunda-feira e atingiu US$ 130,19, o que representou US$ 8,35 bilhões de valor de mercado desde o tuíte de Icahn.

Além disso, os fundos de hedge da Icahn Associates, que é o sétimo maior acionista da Apple com 52,8 milhões de papéis em 31 de março, viu o valor do seu investimento crescer 76,5 milhões dólares em um dia desde o tweet do gestor. Desde 31 de março, Icahn ganhou US$ 303,9 milhões com seu investimento na Apple.

A carta é mais um argumento dado por Icahn de que a companhia está sub-avaliada. Em outubro, ele enviou uma carta a Cook, pressionando a Apple a acelerar a recompra. O investidor disse que a ação as companhia estava desvalorizada e deveria ser negociada a US$203 por fatia. O preço daria à Aple uma capitalização de mercado de mais de US$1 trilhão. Ela fechou em mais de US$700 bilhões em fevereiro pela primeira vez.