Expectativas

O que os CFOs esperam de Trump? Pesquisa revela a “prioridade zero” das empresas

Levantamento conduzido pelo site norte-americano CNBC ouviu diretores financeiros de multinacionais em todo o mundo

SÃO PAULO – A reforma de impostos corporativos deveria ser a prioridade zero de Donald Trump à frente da Casa Branca, segundo a maioria dos CFOs (Chief Financial Officers) de multinacionais consultados pelo portal norte-americano CNBC. Entre dez opções, esta foi a resposta de 66,7% dos diretores financeiros que atuam nos Estados Unidos, Europa e Ásia.

Empatados em segundo lugar com 10,3% das respostas estão investimentos em infraestrutura, repatriação de recursos no exterior e a saída da Parceria Transpacífico (TPP).

Segundo o levantamento, uma reforma tributária para as empresas teria efeito positivo sobre os negócios para 94,9% dos entrevistados, os investimentos em infraestrutura fariam bem a 74,4% deles e a repatriação de recursos, para 48,7%.

A medida que mais poderia afetar os negócios negativamente seria a saída do TPP, com 46,2% das respostas globais. No entanto, a medida é bem avaliada por 42,9% dos diretores financeiros baseados na Ásia, região onde ficam a maior parte dos países fariam parte do acordo de comércio com os Estados Unidos. Entre as medidas que teriam efeito neutro sobre as empresas, disparada em primeiro lugar, está a construção de um muro na fronteira com o México, com 56,4% das respostas dos CFOs entrevistados.