Recomendação

Morgan Stanley inicia cobertura para ação do Nubank em NY com recomendação equivalente à compra e preço-alvo de US$ 16

Para o banco, o Nubank tem a oportunidade de construir a maior e mais lucrativa franquia bancária da América Latina

Por  Equipe InfoMoney -

O banco Morgan Stanley iniciou cobertura para as ações do Nubank (NYSE:NU) negociadas em Nova York, que estrearam em 9 de dezembro (mesmo dia do início das negociações de seus BDRs (Brazilian Depositary Receipts NUBR33 na B3).

Desde a abertura de capital (ou IPO, na sigla em inglês), os ativos tiveram alta de cerca de 4% – as ações foram precificadas a US$ 9 no IPO.

A recomendação para os ativos negociados na Bolsa americana é overweight (exposição acima da média do mercado), recomendação equivalente à compra, com preço-alvo de US$ 16, um potencial de valorização de 70,6% em relação ao fechamento de sexta-feira (31), de US$ 9,38.

O banco destaca que, com base no uso de tecnologia, foco obsessivo no cliente, baixos custos e marca valiosa, o Nubank tem a oportunidade de construir a maior e mais lucrativa franquia bancária da América Latina.

O Morgan Stanley prevê um crescimento de receita de 97% em 2022, 54% em 2023 e 58% em 2024, para um sólido crescimento médio anual composto (CAGR, na sigla em inglês) de 3 anos de 68%, acima de todas as empresas financeiras de grande capitalização que o banco cobre na América Latina e atraente em relação a empresas globais líderes em tecnologia.

Também espera que o Nubank se equilibre com base no lucro líquido ajustado este ano, atingindo US$ 56 milhões e subindo para US$ 4,076 bilhões até 2026.

Além disso, Morgan Stanley vê quatro fontes de potencial positivo para nossas previsões: expansão geográfica, escopo para adicionar mais produtos bancários, espaço para distribuição de produtos e serviços não financeiros e crescimento por meio de fusões e aquisições.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui!

Compartilhe