Venture Capital

Novo fundo de Web 3 quer aproveitar baixa de criptos para investir US$ 4,5 bilhões

Andreessen Horowitz é conhecida por investir em uma grande variedade de projetos cripto

Por  CoinDesk -

Aproveitando o momento de queda do mercado, a empresa de capital de risco do Vale do Silício Andreessen Horowitz está reforçando seus investimentos em criptomoedas com um novo fundo de US$ 4,5 bilhões.

O novo produto investirá exclusivamente em empresas de criptomoedas e Web 3, de acordo com um comunicado oficial.

Trata-se do quarto fundo com foco em ativos digitais lançado pela da companhia, que acumula mais de US$ 7,6 bilhões captados.

Dos US$ 4,5 bilhões do novo fundo, US$ 1,5 bilhão será destinado a investimentos semente, voltado para projetos em estágio inicial, e o restante será reservado para investimentos de risco.

“Na nossa opinião, estamos entrando na era de ouro da web3”, disse a empresa em nota.

A Web 3.0, ou web3, é  um conceito que envolve a descentralização da internet, unindo que há de melhor na Web 1.0 e 2.0, mas tirando o controle da rede das mãos das big techs com uso de tecnologias inovadoras, principalmente a blockchain e as criptomoedas.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe