Em mercados

Gustavo Montezano é o novo presidente do BNDES

Economista possui mestrado em Economia pela Faculdade de Economia e Finanças do Ibmec-RJ e graduação em Engenharia pelo Instituto Militar de Engenharia (IME-RJ)

BNDES
(Shutterstock)

SÃO PAULO - O economista Gustavo Henrique Moreira Montezano foi o escolhido por Paulo Guedes para substituir Joaquim Levy e presidir o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES). A informação foi confirmada em nota pelo ministério da Economia. 

Montezano é atualmente secretário especial adjunto de Desestatização e Desinvestimento. Ele possui mestrado em Economia pela Faculdade de Economia e Finanças do Ibmec-RJ e graduação em Engenharia pelo Instituto Militar de Engenharia (IME-RJ), tendo iniciado a carreira como analista do Opportunity, no Rio de Janeiro.

Joaquim Levy deixou a presidência do BNDES de uma forma bastante conturbada no último fim de semana. No sábado, o presidente Jair Bolsonaro deu uma bronca pública no então presidente do banco de fomento e ameaçou demiti-lo caso ele não suspendesse a nomeação do advogado Marcos Barbosa Pinto do cargo de diretor de Mercado de Capitais. No dia seguinte, Levy pediu demissão do cargo. 

O novo presidente terá que colocar em prática a promessa de campanha de Bolsonaro de abrir o que chama de "caixa-preta" do banco e investigar a responsabilidade pelos financiamentos concedidos, nos governos do PT, a empreiteiras para obras no exterior, em países como Cuba e Venezuela.

Além disso, a nova gestão abre espaço para uma reformulação no papel do banco pela equipe econômica, que já pensa em concentrar a gestão das privatizações na instituição.

Confira a nota na íntegra do ministério da Economia: 

O Ministério da Economia informa o encaminhamento para a deliberação do Conselho de Administração do BNDES do nome de Gustavo Montezano, atual secretário-adjunto da Secretaria de Desestatização e Desinvestimento, para presidir a instituição.

Graduado em engenharia pelo Instituto Militar de Engenharia (IME) e Mestre em Finanças pelo Ibmec, Montezano tem 17 anos de carreira no mercado financeiro. Foi sócio do Banco Pactual, tendo atuado como diretor-executivo da área de commodities em Londres e anteriormente como responsável pela área de crédito, resseguros e "project finance".

O Ministério da Economia agradece a Joaquim Levy pela dedicação demonstrada enquanto presidente do BNDES.

O presidente Jair Bolsonaro confirmou a indicação com um post em sua conta no Twitter.

Invista melhor seu dinheiro. Abra uma conta gratuita na XP. 

(Com Agência Estado) 

 

Contato