Em mercados

Economistas derrubam projeção de crescimento do Brasil para 1,5%, diz Focus

Crescimento esperado da economia estava em 2,53% no início do ano; expectativas para o IPCA se mantiveram em 4,04%

Banco Central
(REUTERS/Ueslei Marcelino)

SÃO PAULO - Os economistas ouvidos pelo Relatório Focus do Banco Central derrubaram a projeção de crescimento da economia brasileira de 1,7% para 1,49% na semana passada, de acordo com o documento publicado nesta segunda-feira (6). No início do ano, os economistas no Focus esperavam avanço de 2,53% no PIB (Produto Interno Bruto).

É a décima vez seguida que as perspectivas para a economia brasileira são revisadas para baixo. Para 2020, a expectativa de crescimento da economia brasileira foi mantida em 2,5%.

Para o medidor oficial de inflação do BC, o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), o Focus mostra manutenção em 4,04% nas expectativas dos economistas. A mediana do Top 5 (os cinco economistas que mais acertam projeções) para o IPCA variou para cima de 3,96% para 3,98% na última semana. 

As projeções para a taxa de câmbio no fim do ano foram mantidas em R$ 3,75 e a previsão para a taxa de juros básica da economia brasileira, a Selic, continuou em 6,5% ao ano. 

 

Contato