Em mercados

Trump decide adiar elevação de tarifas comerciais para a China

"Tenho o prazer de relatar que os EUA fizeram progresso substancial nas nossas conversas com a China sobre comércio em importantes questões estruturais, incluindo propriedade intelectual, transferência de tecnologia, agricultura, serviços, câmbio e muitas outras", escreveu o presidente americano  

Donald Trump
(Shutterstock)

Em sua conta no Twitter, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, relatou que as reuniões com representantes da China sobre o comércio entre os dois países resultaram em "progressos substanciais", e por isso, decidiu adiar os aumentos de tarifas para produtos chineses que seriam implementados a partir da próxima sexta-feira, 1º de março.

"Tenho o prazer de relatar que os EUA fizeram progresso substancial nas nossas conversas com a China sobre comércio em importantes questões estruturais, incluindo propriedade intelectual, transferência de tecnologia, agricultura, serviços, câmbio e muitas outras", escreveu Trump.

Após as reuniões realizadas neste fim de semana, o presidente norte-americano revelou que planeja um encontro oficial com o presidente da China, Xi Jinping, no resort Mar-a-Lago, na Flórida, para concluir um acordo. "Um ótimo fim de semana para os EUA e a China!", finalizou Trump. Ele não deu qualquer pista sobre uma data aproximada para a realização deste encontro com o presidente da China. 

Invista em ações com TAXA ZERO: abra uma conta gratuita na Clear

 

Contato