Em mercados

Brexit e mais 6 eventos que irão definir o rumo do mercado na próxima semana

Tudo que o investidor precisa saber antes de operar na próxima semana

Investidor
(Shutterstock)

SÃO PAULO - Em uma semana marcada pelo movimento lateralizado, a forte alta de quarta-feira (9) definiu a valorização de cerca de 2% do Ibovespa no acumulado destes cinco pregões. Para os próximos dias a política nacional volta a ganhar força com a expectativa de novos anúncios, enquanto no exterior o Brexit se torna o centro das atenções.

Por aqui, o grande destaque fica para a reforma da Previdência, que deve ser fechada pela equipe econômica de Bolsonaro. Espera-se que o governo apresente uma PEC (Proposta de Emenda Constitucional) com mudanças
e um texto mais robusto que o aprovado na comissão da Câmara em 2018, o que deve garantir a sustentabilidade do sistema durante um longo período.

Outro tema importante que o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, já confirmou para a próxima semana, é o decreto tornando mais fácil a aquisição e a posse de armas por cidadãos comuns, uma das principais promessas de Bolsonaro.

Na agenda de indicadores doméstica a semana promete ser mais tranquila. O grande destaque fica para o IBC-Br (Índice de Atividade do Banco Central), considerado uma prévia do PIB, que segundo a GO Associados deve ter leve avanço de 0,2% no mês, com o acumulado de 12 meses ficando em 2%.

Brexit e a agenda externa
No exterior, o grande evento ocorre na terça-feira (15), no Reino Unido, com a votação do acordo do Brexit, a saída do Reino Unido da União Europeia. A primeira-ministra Thereza May já está negociando com o Parlamento um plano B diante do alto risco de atual plano ser derrotado.

Nos últimos dias, inclusive, cresceu no mercado as especulações de que a saída definitiva, marcada par dia 29 de março, pode ser adiada por conta da falta de um acordo.

Ainda na Europa, a bateria de indicadores começa na segunda -feira (7), com os dados do comércio na zona do Euro e das encomendas à indústria na Alemanha, um indicador antecedente importante para o desempenho da principal economia do continente. O país ainda apresenta os números da produção industrial na terça-feira, além da balança comercial, que também terá seu dado da União Europeia divulgado.

Vale ainda ficar atento ao desenrolar das discussões entre Estados Unidos e China sobre a guerra comercial. Sobre o gigante asiático a semana conta ainda com os números da balança comercial de dezembro, na terça-feira, os índices de preços ao produtor e ao consumidor e o dado do PIB do ultimo trimestre de 2018, na quarta-feira.

Clique aqui e confira a agenda completa de indicadores.

Quer investir com corretagem ZERO na Bolsa? Clique aqui e abra agora sua conta na Clear!

 

Contato