Em mercados

Federal Reserve mantém juros e vê aumentos graduais nas taxas nas próximas reuniões

Taxa de juros ficaram na faixa entre 2% e 2,25%

detalhe da fachado do Fed em Washington
(Jonathan Ernst/Reuters)

SÃO PAULO - O Fomc (Federal Open Market Committee) decidiu na reunião desta quinta-feira (8) manter a taxa de juros nos Estados Unidos na faixa entre 2% e 2,25%, reiterando a necessidade de novos aumentos graduais nos juros do país. A decisão foi unânime. 

O Fed destacou que a economia tem crescido a uma taxa “forte” em meio ao fortalecimento do mercado de trabalho. Por outro lado, houve moderação no crescimento dos investimentos das empresas no período. 

Assim, aumentos graduais nas taxas de juros são esperados para serem consistentes com a expansão do mercado de trabalho e a inflação perto do objetivo do Fomc no médio prazo de 2% ao ano. 

Vale ressaltar que o mercado está de olho no "gráfico de pontos" do Fed, apontando que a maioria dos integrantes do Fed previu que a taxa chegaria a um valor de 0,25 ponto percentual a mais até o final desse ano. O Fed já subiu a taxa de juros em 0,25 ponto percentual três vezes este ano.

A falta de qualquer mudança no tom da declaração de política sugere que o Fed ainda está vendo três aumentos para 2019. Porém, o mercado vê apenas duas altas no ano que vem, de acordo com o CME Group. Como o comunicado do Fed não mencionou o aumento da volatilidade nos mercados financeiros americanos desde a última reunião, que era o que o mercado estava esperando, as perspectivas dos investidores devem sofrer um ajuste. 

Aproveite as oportunidades da Bolsa: abra uma conta na Clear com taxa ZERO de corretagem!

 

Contato