Em mercados

Brasil gera 35 mil empregos formais em fevereiro; primeiro saldo positivo desde março de 2015

O anúncio positivo sobre o mercado de trabalho foi feito pelo presidente Michel Temer, em Brasília

Entrevista de emprego
(Shutterstock)

SÃO PAULO - O Brasil gerou 35.612 postos de trabalho com carteira assinada em fevereiro. Esta é a primeira vez que o saldo de empregos formais é positivo desde março de 2015. Os números são do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados).

O resultado veio acima do esperado pelos economistas da LCA Consultores, que projetavam criação de 14 mil postos de trabalho no segundo mês do ano.

Comparando com o período pré-crise, no entanto, os números ainda são tímidos. Em fevereiro de 2014, quando o país caminhava para o pleno emprego, o número de admissões superou o de demissões em 260.829.

O anúncio positivo sobre o mercado de trabalho foi feito pelo presidente Michel Temer, em Brasília. "A economia brasileira volta a crescer", disse. Em sua fala, o peemedebista destacou também outros elementos positivos do atual momento da economia, como a redução do nível de inflação, o corte de juros e a elevação da perspectiva do rating do Brasil de negativa para estável pela Moody's.

 

Contato