Em mercados

As verdades "modificadas" na adaptação do O Lobo de Wall Street para o cinema

Além de nomes modificados, alguns momentos envolvendo personagens importantes do filme são diferentes do que a história real

Jordan Belfort
(divulgação)

SÃO PAULO - É normal que filmes façam modificações na hora de transportar uma história real para as telonas: trazer mais aspectos dramáticos para a trama e dar uma dinâmica maior aos acontecimentos são essenciais para manter a atenção do espectador. Na última semana, O Lobo de Wall Street estreou no Brasil, mas, apesar de ser baseado na autobiografia de Jordan Belfort, o diretor Martin Scorsese modificou muitas coisas em relação ao que realmente aconteceu.

Pensando nessas diferenças entre realidade e ficção, o site History Vs. Hollywood faz diversas pesquisas históricas e mostra o que realmente aconteceu em relação à alguns momentos apresentados em grandes filmes. Em sua matéria sobre O Lobo de Wall Street, além de trazer fotos das pessoas reais envolvidas na vida de Jordan Belfort, o site responde 33 perguntas sobre o que é real e o que não é no filme.

Veja abaixo a diferença entre os principais personagens do filme e na vida real e algumas curiosidades sobre o que é mostrado no longa. Cuidado: o texto abaixo pode conter spoliers (informações que entregam algo sobre a trama do filme), então se você ainda não assistiu ao filme, é recomendável que não leia.

Veja cada personagem e o ator que o interpretou no filme:

> Jordan Belfort (Leonardo DiCaprio)

Jordan Belfort

Interpretado pelo indicado ao Oscar Leonardo DiCaprio, Jordan Belfort fundou no final da década de 1980 a Stratton Oakmont, onde ganhou milhões de dólares vendendo penny stocks (ações de pequenas empresas e que valem centavos), até partir para a atividade ilegal envolvendo IPOs de pequenas empresas.

Porém, diferente do que o filme mostra, nunca ocorreram disputas de arremesso de anões no escritório da companhia, nem um chimpanzé foi levado para lá. Além disso, o apelido do executivo e que dá nome ao filme e à autobiografia dele não exisita até a publicação do livro. O artigo da Forbes sobre ele não o chama de Lobo de Wall Street.

Por outro lado, segundo Belfort, uma funcionária realmente raspou o cabelo em troca de US$ 10 mil, assim como ele quase bateu um helicóptero em seu jardim.

Curiosidade: o "verdadeiro" Jordan Belfort aparece no filme junto com Leonardo DiCaprio. A aparição ocorra na última cena, quando ele anuncia o palestrante Jordan Belfort para uma plateia.

Danny Porush (Jonha Hill)

Donnie Azoff Jonah Hill

Danny Porush é o verdadeiro nome de Donnie Azoff, personagem interpretado por Jonah Hill no filme e que é co-fundador da Stratton Oakmont. Segundo Porush, a realidade mostrada no livro de Belfort e no filme são completamente distorcidas da realidade, principalmente em relação ao personagem dele. Mesmo com ele afirmando essas diferenças com a realidade, diversos fatos apresentados no filmes são verdadeiros.

Porush realmente engoliu um peixe de verdade no escritório, assim como ele realmente casou com sua prima de 1º grau.

Nadine Macaluso (Margot Robbie)

Naomi Lapaglia

Esposa de Jordan Belfort, o nome da personagem no filme de Scorsese é Naomi. Entre os fatos apresentados no longa, ela realmente foi agredida pelo marido durante uma briga onde ele tentou fugir com a filha deles. Além disso, Belfort deu um iate com o nome dela como presente de casamento.

Mark Hanna (Matthew McConaughey)

Mark Hanna

Mark Hanna foi o primeiro chefe de Jordan Belfort, na L.F. Rothschild. O personagem aparece apenas no início do filme e, de acordo com Belfort, Hanna realmente afirmou que o segredo para o sucesso está na masturbação, cocaína e prostitutas, além de ensinar como fazer os clientes reinvestirem seus ganhos para que eles ganhassem mais em comissões.

Gregory Coleman (Kyle Chandler)

Patrick Denham

Renomeado como Patrick Denham no filme, Coleman foi o agente do FBI responsável por investigar a vida de Belfort e da Stratton Oakmont. Coleman rastreou as atividades da corretora por seis anos e afirmou que a ostentação, a arrogância de suas atividades, além do grande número de pessoas reclamando da empresa foram os motivos que chamaram a atenção dele para a investigação.

Max Belfort (Rob Reiner)

Max Belfort

Pai de Jordan Belfort, Max foi contratado pelo filho para cuidar das finanças da Stratton Oakmont e estava a par dos altos gastos que os executivos da corretora faziam com os milhões que ganhavam.

Nancy Porush (Mackenzie Meehan)

Hildy Azoff

Esposa de Danny, Nancy Porush teve seu nome alterado para Hildy Azoff no filme. Ela era prima de Danny, com quem ficou casada por 12 anos. A separação aconteceu em 1998 após Danny afirmar que estava apaixonado por outra mulher.

 

Contato