Em mercados

Moody's rebaixa rating da Itália e mantém perspectiva negativa

Agência destaca a fragilidade da confiança dos mercados e o risco de contágio à Itália procedente de Grécia e Espanha

Itália

SÃO PAULO - A agência de classificação de risco Moody's rebaixou o rating dos títulos do governo da Itália de A3 para Baa2, com perspectiva negativa. A nota de prazo Prime-2 do país não mudou.

"É mais provável que a Itália tenha um novo aumento significativo dos custos de seu financiamento ou a perda de acesso aos mercados do que quando realizamos nossa qualificação há cinco meses", explica a agência em nota, publicada na noite de quinta-feira (12).

A Moody's destaca que a confiança dos mercados é cada vez mais frágil e o risco de contágio procedente da Grécia e Espanha podem afetar a Itália.

"O risco da saída da Grécia da Zona do Euro aumentou, o sistema bancário espanhol terá maiores perdas de crédito do que o previsto e os próprios desafios de financiamento da Espanha são maiores do que o previamente reconhecido", afirma.

Curto prazo
De acordo com o comunicado, as perspectivas econômicas de curto prazo da Itália se deterioraram, como mostra um crescimento mais fraco e um maior desemprego, o que cria risco de descumprir as metas de consolidação fiscal.

"O descumprimento das metas fiscais poderia enfraquecer ainda mais a confiança do mercado, aumentando o risco de uma interrupção súbita no financiamento do mercado", acrescenta.

Confira a metodologia de notas das principais agências:

S&P Moody´s Fitch Grau
AAA
AA+
AA
AA-
A+
A
A-
BBB+
BBB
BBB-
Aaa
Aa1
Aa2
Aa3
A1
A2
A3
Baa1
Baa2
Baa3
AAA
AA+
AA
AA-
A+
A
A-
BBB+
BBB
BBB-
Investimento
BB+
BB
BB-
B+
B
B-
CCC
CC
C
D
Ba1
Ba2
Ba3
B1
B2
B3
Caa
Ca
C
Wr
BB+
BB
BB-
B+
B
B-
CCC
CC
C
D
Especulativo

 

Contato