Em mercados

Bank of America e Morgan Stanley divulgam balanços e ações sobem no pré-market

Resultados dos bancos referentes ao primeiro trimestre deste ano superaram as expectativas dos analistas

SÃO PAULO - Os papéis do Bank of America e do Morgan Stanley sobem forte no pré-market da bolsa norte-americana, após as instituições financeiras mostrarem números melhores que o esperado em seus resultados referentes ao primeiro trimestre de 2012.

A poucos minutos de abrir o pregão em Wall Street, as ações do BofA avançavam 2,91%, cotadas a US$ 9,18, enquanto as do Morgan Stanley registravam alta de 5,89%, valendo US$ 18,70. Ao mesmo tempo, os contratos futuros dos principais índices de ações de Wall Street operavam com altas entre 0,1% e 0,2%, com os investidores divididos entre os bons resultados dos bancos e os números negativos sobre o mercado de trabalho norte-americano

Bank of America
Impactado por encargos contábeis relacionados à dívida, o lucro líquido do BofA foi de US$ 653 milhões (US$ 0,03 por ação) no trimestre, forte queda em relação aos US$ 2,05 bilhões (US$ 0,17 por papel) vistos no mesmo período do ano anterior. Contudo, excluindo itens extraordinários, o lucro aumentou 40%, para US$ 3,7 bilhões (US$ 0,31 por ação), contra US$ 2,6 bilhões (US$ 0,23 por ação) de um ano antes. A estimativa do mercado era de um lucro ajustado de US$ 0,12 por ação.

A receita total do banco caiu 17% na comparação entre o primeiro trimestre de 2011 e 2012, indo de US$ 26,9 bilhões para US$ 22,3 bilhões.

Morgan Stanley
Já o Morgan Stanley reportou prejuízo líquido de US$ 94 milhões entre janeiro e março deste ano, o equivalente a uma perda de US$ 0,06 por ação. O resultado se compara com o lucro de US$ 968 milhões ou US$ 0,50 por ação anunciado no mesmo período do ano anterior.

Excluindo despesas contábeis relacionadas a spreads de crédito da própria instituição, o lucro foi de US$ 0,71 por ação, superando a previsão do mercado, de US$ 0,44 por ação.

 

Contato