Nippon Steel está perto de acertar corte de 30% a 35% no preço do minério de ferro

A informação veio de suas fontes familiarizadas com o negócio; entre os produtores estariam a Vale e também a Rio Tinto

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A Nippon Steel, segunda maior siderúrgica do mundo, pode estar perto de fechar o preço dos contratos de minério de ferro para este ano, com um desconto entre 30% e 35% em relação aos contratos anteriores, afirmam a agências internacionais fontes que quiseram não ser identificadas.

Caso seja acertado, o acordo será o primeiro feito na Ásia neste ano e marcará o fim de seis anos consecutivos de alta no preço dos contratos de minério de ferro.

A crise financeira e econômica minou a demanda por aço e dessa forma fez com que os produtores perdessem a sua principal base de negociação, forçando as mineradoras a aceitarem a descontos às siderúrgicas.

Vale perto de acerto

Aprenda a investir na bolsa

Reforçando as expectativas, na última segunda-feira (18) o presidente da mineradora Vale (VALE5), Roger Agnelli, disse que as conversas para o fechamento dos preços dos contratos para este ano estão perto de uma conclusão.

A Vale, em conjunto com a Rio Tinto, está em Tóquio para reunir-se com as principais siderúrgicas da região. Analistas de mercado se dividem quanto à magnitude do corte, esperando uma redução de 20% a 40%.