Bill Ackman compra ativos

Netflix (NFLX34) salta 7,5% na Nasdaq após compra de 3,1 milhões de ações por grande investidor

Desempenho positivo dos ativos veio após ação ter forte queda com resultados do quarto trimestre

Por  Equipe InfoMoney -

Com investidores aproveitando a “liquidação” dos ativos após a divulgação de um balanço do quarto trimestre decepcionante, além de projeções ruins para o primeiro trimestre de 2022, as ações da Netflix (NFLX34) registram recuperação na sessão desta quinta-feira (27).

Os ativos negociados na Nasdaq subiram 7,51%, a US$ 386,70, após terem chegado ao menor valor em 22 meses na última quarta-feira (26). Na B3, os BDRs (Brazilian Depositary Receipts) NFLX34 subiram 8,28%, a R$ 42,23.

O investidor Bill Ackman, bilionário administrador de fundos de hedge, anunciou a compra de 3,1 milhões de ativos da Netflix, totalizando cerca de US$ 1,1 bilhão.

A Pershing Square, de Ackman, não tinha nenhuma ação da empresa até então.

Em uma carta a seus clientes, Ackman elogiou a equipe de gestão da da empresa e destacou no Twitter que admira há muito tempo o CEO da Netflix, Reed Hastings, e a “empresa notável que ele e sua equipe construíram”.

Ackman disse que a Netflix se beneficia de receitas altamente recorrentes, acrescentando que a empresa tem poder de precificação e oferece conteúdo líder do setor.

Ainda não investe no exterior? Estrategista da XP dá aula gratuita sobre como virar sócio das maiores empresas do mundo, direto do seu celular – e sem falar inglês

Compartilhe