Neoenergia (NEOE3) vai prosseguir com OPA da Cosern após novo laudo de avaliação

Valor das ações da companhia foi apurado ao preço de R$ 15,33 por ação ordinária e R$ 16,86 por ação preferencial classes A e B

Felipe Moreira

Publicidade

A Neoenergia (NEOE3) decidiu nesta sexta-feira (31) prosseguir com a oferta pública de aquisição de ações (OPA) da Cosern visando à conversão de registro de companhia aberta da categoria “A” para “B”, após ter recebido novo laudo de avaliação preparado pela Grant Thornton Corporate Consultores de Negócios.

Conforme novo laudo de avaliação, o valor das ações da companhia foi apurado ao preço de R$ 15,33 por ação ordinária e R$ 16,86 por ação preferencial classes A e B.

Sendo assim, a Neoenergia realizará novo protocolo da documentação da OPA perante a CVM e a B3, sendo a principal alteração a elevação do preço oferecido na OPA.

Continua depois da publicidade

O valor será pago será deduzido e ajustado pelo valor de dividendos, juros sobre capital próprio e outros proventos eventualmente declarados pela Neoenergia.

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de crescimento para os próximos meses e anos
Além disso, reitera que o lançamento da OPA e sua eficácia estão sujeitos ao seu registro perante a CVM e a B3, sendo que a Neoenergia manifesta desde já sua intenção de não prosseguir com a OPA caso ela seja aceita por acionistas titulares de menos de 2/3 das ações objeto da OPA; e/ou não seja obtida a aprovação para a conversão de registro da companhia por acionistas titulares de mais de 2/3 das ações objeto da OPA habilitadas para o leilão da OPA.