Nasdaq deve listar ações de mais uma exchange de criptomoedas em 2023

Corretora japonesa é a próxima da fila para abrir capital nos EUA, por meio de SPAC

CoinDesk

Publicidade

A exchange japonesa de criptomoedas Coincheck planeja concluir sua listagem na Nasdaq por meio de uma fusão com a empresa de aquisição de propósito específico (SPAC, na sigla em inglês) Thunder Bridge Capital Partners IV, em julho de 2023.

O selamento da sociedade estava previsto para março deste ano e foi avaliada na época em cerca de US$ 1,25 bilhão.

“Trabalhando em conjunto com a Thunder Bridge Capital Partners, a Coincheck visa expandir seus negócios de criptoativos ganhando exposição a investidores globais, acessando os mercados de capitais dos EUA e recrutando talentos para realizar sua estratégia de crescimento”, disse a Monex Group , controladora majoritária da Coincheck, em um documento submetido à Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (a SEC).

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

A Coincheck está entre as maiores exchanges de criptomoedas do Japão, com 27% de participação de mercado, de acordo com o registro junto à SEC. Atualmente, a corretora cripto atende 1,75 milhão de clientes e oferece negociação de 18 criptomoedas diferentes.

As fusões com SPACs têm sido uma maneira popular de as empresas abrirem capital nos últimos anos, representando mais da metade de todas as ofertas públicas iniciais em 2020-2021, observou a SEC em março.

No entanto, a queda no mercado de criptomoedas nos últimos meses impediu que algumas SPACs se concretizassem. A mineradora de Bitcoin PrimeBlock, por exemplo, encerrou seus planos de abrir capital em Wall Street por meio de uma fusão com a 10X Capital Venture Acquisition em agosto.

CoinDesk

CoinDesk é a plataforma de conteúdos e informações sobre criptomoedas mais influente do mundo, e agora parceira exclusiva do InfoMoney no Brasil: twitter.com/CoinDeskBrasil