Ações

Mudanças na Multiplus buscam retomar confiança dos investidores, diz BB e Deutsche

Analistas acreditam que mudanças na governança corporativa da companhia deve diminuir riscos dos papéis

SÃO PAULO – A Multiplus (MPLU3) colocará para votação em assembleia geral extraordinária alterações em seu estatuto social, de modo a melhorar sua governança corporativa. Dentre as alterações propostas, estão aumento no número de membros no conselho, a criação de um comitê independente e transferência de serviços de gestão do programa Tam Fidelidade para a Tam Linhas aéreas.

Segundo relatório do BB Investimentos, a notícia é positiva para a companhia, uma vez que mostra a preocupação com a governança corporativa, mas não devem ter impacto financeiro relativo na companhia. “Consideramos positivo o anúncio das medidas, que trazem melhorias significativas na governança e reduz o risco de conflito de interesse entre as partes relacionadas”, diz Nataniel Cezimbra, analista do BB.

Como recomendação, o relatório indica que a ação está descontada e em um bom ponto de compra. O preço-alvo estipulado pelo BB é de R$ 35,40, o que representa um potencial de valorização de 24,2%, em relação ao fechamento da última sexta-feira (6). “Acreditamos que a temporada de más notícias para a companhia tenha chegado ao fim”, diz o analista.

PUBLICIDADE

O Deutsche Bank também considera a notícia positiva para a imagem da empresa, que segue em busca de um novo diretor executivo. Segundo relatório, com as alterações na governança, os papeis da empresa podem apresentar um bom momento. “Acreditamos que as mudanças tirem os temores atuais sobre a companhia”, disseram os analistas Mario Pierry e Michael Linenberg. O banco vê potencial de valorização de 61,4% para as ações, com preço-alvo em R$ 46,00.