Construtoras

MRV registra recorde de lançamentos para o primeiro trimestre do ano

Valor geral de vendas (VGV) de lançamentos foi de R$ 1,71 bilhão e o de vendas líquidas chegou a R$ 1,619 bilhão

arrow_forwardMais sobre
Fundos Imobiliários FIIs imóveis edifícios
(Shutterstock)

SÃO PAULO – A MRV (MRVE3), maior construtora do país no segmento de moradias populares, registrou o maior volume de lançamentos para um primeiro trimestre do ano da história da empresa, segundo mostram dados da prévia operacional divulgada nesta quinta-feira (15).

Os lançamentos somaram um valor geral de vendas (VGV) de R$ 1,710 bilhão, um crescimento de 58% na comparação com os primeiros três meses de 2020. Esse é o maior volume para um primeiro trimestre já registrado pela companhia.

Segundo a MRV, esse resultado deve-se à resiliência do segmento de média renda e econômico.

Já as vendas líquidas da MRV somaram R$ 1,619 bilhão entre janeiro e março, uma queda de 3,2% em relação ao primeiro trimestre de 2020. Ao todo, foram 9.714 unidades habitacionais vendidas.

Do total vendido, uma fatia de 65% refere-se à modalidade venda garantida, quando a venda só é contabilizada após o repasse efetivo do cliente ao banco financiador. Dessa forma, não há risco de distrato para a construtora, ou seja, o cliente desistir da compra. Essa modalidade de vendas foi retomada pela MRV no terceiro trimestre de 2020, quando respondeu por 30% das vendas líquidas.

A prévia operacional da MRV já inclui os negócios da AHS (incorporadora com atuação nos Estados Unidos), Luggo (empresa de locação), Sensia (especializada em imóveis de médio padrão) e Urba (empresa de loteamentos), que fazem parte do mesmo grupo.

Quer entender o que é o mercado financeiro e como ele funciona? Assista à série gratuita Carreira no Mercado Financeiro e conheça o setor da economia que paga os melhores salários de 2021.