Comunicado ao mercado

Movida surpreende e pede reprovação de acordo de fusão entre Localiza e Unidas ao Cade; ações RENT3 e LCAM3 caem mais de 9%

Companhia pediu a reprovação citando "preocupações concorrenciais dela decorrentes"

Locamerica Unidas locadora de carros
(divulgação)

A Movida (MOVI3, R$ 16,08, -6,73%)  comunicou nesta segunda-feira (8) que pediu ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) que reprove a operação para a combinação de negócios entre a Localiza (RENT3, R$ 55,12, -9,39%) e a Unidas (LCAM3, R$ 22,52, -9,23%). Os ativos desabaram na B3, com RENT3 e LCAM3 em baixa de mais de 9%; contudo, vale destacar que a sessão foi de baixa generalizada para os ativos, principalmente atrelados ao ciclo doméstico.

O Ibovespa fechou em queda de 3,98% com a notícia de que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Edson Fachin, anulou as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no âmbito da Operação Lava Jato. Com a decisão, Lula recuperou seus direitos políticos e pode se candidatar a presidente em 2022.

Voltando ao noticiário das companhias, de acordo com fato relevante, a Movida requereu na sexta-feira sua intervenção como terceira interessada no ato de concentração e pediu a reprovação citando “preocupações concorrenciais dela decorrentes”.

Segundo o Credit Suisse, a notícia é marginalmente negativa para RENT3 e LCAM3. “Esperávamos que a Movida tivesse uma postura mais neutra. No entanto, acreditamos que isso não mudará significativamente a probabilidade de aprovação de fusão e aquisição”, apontam os analistas.

O Bradesco BBI também apontou que a Movida surpreendeu o mercado, mas destaca que a empresa já havia sinalizado recentemente que esta fusão poderia resultar em preços mais altos de aluguel de carros, dada a concentração do mercado.

“A teleconferência de resultados do quarto trimestre deu alguma pista de como a Movida sustentará sua opinião para convencer o Cade a rejeitar a fusão Localiza-Unidas. Esta é uma transação complexa de fusão e aquisição e, em nossa opinião, um parecer final pode ser revelado no final de 2021. Por outro lado, o fato de montadoras como Volkswagen, FCA e Toyota oferecerem leasing operacional para pessoas físicas pode mostrar que a concorrência está aumentando no setor de aluguel de carros BZ”, apontam os analistas do BBI.

Contudo, eles mantêm recomendação outperform (desempenho acima da média do mercado, para Localiza, Unidas e Movida, com preços-alvos respectivos de R$ 90, R$ 39 e R$ 30, pois avalia que o setor pode continuar apresentando crescimento robusto com rentabilidade atrativa.

(com Reuters)

Estagnado em sua profissão? Série gratuita do InfoMoney mostra como você pode se tornar um Analista de Ações em 2021. Clique aqui para se inscrever.

PUBLICIDADE