Moody’s rebaixa rating de Azul e Latam para Ba3; nota da Gol entra em revisão

De acordo com a agência, as três companhias aéreas devem ter redução de tráfego de 70% em seus voos no segundo trimestre

Estadão Conteúdo

Publicidade

A Moody’s rebaixou o rating da Azul e da Latam de B1 para Ba3 em razão da “rápida e crescente disseminação do surto de coronavírus”. Já o rating da Gol entrou em revisão para um possível rebaixamento.

“O setor de transporte aéreo de passageiros tem sido um dos setores mais afetados, dada a sua exposição a restrições de viagens e sensibilidade à demanda e sentimento do consumidor”, afirma. A nível macro, a Moody’s destaca a queda do preço do petróleo e dos preços dos ativos, que criam um choque de crédito. As ações da Azul caíram 73% desde 26 de fevereiro, enquanto a Gol registrou recuo de 77%.

De acordo com a agência, as três companhias aéreas devem ter redução de tráfego de 70% em seus voos no segundo trimestre, enquanto o recuo anual deve ser de 30%, “com cancelamentos de voo parciais ou completos e aeronaves com todas as regiões afetadas globalmente”.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

No caso da Latam, a agência pontua os riscos de câmbio atrelados ao peso chileno, que, somado ao real, representa 40% da receita da empresa. Já a Azul também estaria exposta à desvalorização do real, que representa 80% do capital da companhia. As duas companhias, assim como a Gol, teriam liquidez “adequada”, com caixa e investimentos de curto prazo suficientes para cobrir os vencimentos de dívida de curto prazo.

A agência destaca ainda as perspectivas de auxílio governamental às companhias, “embora ainda não exista nada concreto”, com linhas de crédito de longo prazo e linhas de capital de giro fornecidas por bancos públicos, além de incentivos fiscais.

Aproveite as oportunidades para fazer seu dinheiro render mais: abra uma conta na Clear com taxa zero para corretagem de ações.