Rating elevado

Moody’s eleva rating da JBS (JBSS3) para grau de investimento

Em junho, a agência Fitch havia elevado a classificação de risco da JBS de BB+, para BBB-, a primeira na escala de grau de investimento

Por  Reuters -

A agência de classificação de risco de crédito Moody’s informou nesta sexta-feira (5) que elevou, de Ba1 para Baa3, o rating da JBS (JBSS3), na categoria considerada de baixo risco, ou grau de investimento. A perspectiva para o rating é estável.

Segundo a Moody’s, a medida reflete o forte desempenho operacional e resultados melhores do que o antecipado em 2021, o que dá suporte à forte geração de fluxo de caixa e permite que a empresa prossiga sua estratégia de aquisições, remuneração aos acionistas e recompra de ações sem impacto material na alavancagem e liquidez.

“A estratégia da JBS de expandir sua presença global nos segmentos de alimentos processados de valor agregado melhorou seu perfil de negócios e resultou em mais estabilidade nas margens operacionais e no fluxo de caixa ao longo do tempo, enquanto o cronograma conservador de amortização da dívida reduz o risco de liquidez”, afirmou a Moody’s no relatório.

A agência citou ainda o ambiente positivo para a indústria de proteínas, incluindo forte demanda em mercados como os EUA e Ásia, além da ampla disponibilidade de gado nos EUA e fortes exportações, que permitirão à JBS fortalecer ainda mais seu perfil de negócios, métricas de crédito e liquidez.

Em junho, a agência Fitch havia elevado a classificação de risco da JBS de BB+, para BBB-, a primeira na escala de grau de investimento, com perspectiva “estável”.

O mercado considera uma companhia como grau de investimento quando ela obtém essa nota de ao menos duas das três principais agências de rating. Em comunicado, a JBS destacou que, com a classificação pelas duas agências, a companhia passa a ser classificada como Full Investment Grade.

Em setembro, a Standard & Poor’s elevou de estável para positiva a escala global da JBS, com a classificação em BB+, ainda abaixo da linha considerada de baixo risco de crédito.

Aprenda a transformar a Bolsa de Valores em fonte recorrente de ganhos. Assista a aula gratuita do Professor Su e descubra como.

Compartilhe