Moodyïs rebaixa Xerox a Ba1, abaixo da linha de investimento

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

A agência de classificação de risco Moodyïs acaba de anunciar que rebaixou a classificação dos títulos de curto e longo prazo da Xerox, a maior fabricante mundial de fotocopiadoras. A dívida de longo prazo da empresa norte-americana foi rebaixada de Baa2 para Ba1, queda de dois pontos na escala da Moodyïs, suficiente para colocar a Xerox na categoria de non investment grade, ou seja, abaixo da linha de investimentos. Nesta categoria, diversos investidores institucionais não podem mais ter dívida da Xerox em suas carteiras, estreitando as opções de financiamento da empresa. Além do downgrade, que afeta US$ 11 bilhões de dívida, a Moodyïs colocou a Xerox em perspectiva negativa, ou seja, sujeita a um novo rebaixamento no curto prazo.
A Moodyïs considera que a condição de liquidez da empresa foi o principal fator por trás do rebaixamento. Dado que a empresa não tem mais acesso ao mercado de commercial paper, que são papéis de curto prazo, ou de títulos de longo prazo, a empresa terá que refinanciar sua dívida através da geração de caixa interna, venda de ativos ou utilização de linhas de crédito. A Xerox tem cerca de US$ 2,5 bilhões de dívida vencendo até o final do ano fiscal 2001, e já utilizou US$ 5,3 bilhões dos US$ 7 bilhões de suas linhas de crédito rotativas.
As ações da empresa norte-americana fecharam em queda de 9,91% na bolsa de Nova York, ampliando a baixa acumulada neste ano a 72,97%.

Compartilhe