Cuidado

Money Talks: alerta amarelo antes de investir

Programa desta semana traz gestor para falar sobre situação atual, perspectivas e onde investir

SÃO PAULO – Na hora de investir não adianta olhar somente para o curto prazo, sobretudo em um momento complexo como o atual, com muitos mercados vivendo uma situação onde preços e fundamentos parecem muito distantes. O que fazer? Quais os riscos? Como alocar recursos visando ganhar, porém sem abrir mão de proteção para um cenário mais complicado?

Para responder estas e outras perguntas, o Money Talks desta semana traz Henry Gonzalez, sócio e gestor da FRAM Capital. No primeiro bloco, Gonzalez descreve com muita propriedade e com um olhar muito amplo a situação atual dos mercados internacionais e suas perspectivas.

O segundo bloco é dedicado à uma análise de como o Brasil se insere neste contexto e quais são os pontos fortes e riscos que o investidor se defronta agora e, principalmente, no futuro. Por fim, o terceiro bloco traz uma análise detalhada de diversas alternativas de investimento e de como podem se comportar dentro de um cenário de maior volatilidade.

  • PARTE 1 – Uma visão global dos principais riscos do cenário externo
    2600007
  • PARTE 2 – As perspectivas para os mercados no Brasil
    2600007b
  • PARTE 3 – Alocando seus investimentos
    2600007c
  • A InfoMoney declara que:
    Este material contém as opiniões atuais do analista, que estão sujeitas a mudanças sem aviso e que podem ser divergentes da opinião de outros profissionais ou da InfoMoney, que poderá publicar informações que não apresentem similaridade com as informações aqui fornecidas. Para elaborar este material, foram utilizadas informações obtidas de fontes que o analista e a InfoMoney acreditam serem idôneas e fidedignas, mas o autor ou a InfoMoney não garantem a integridade, confiabilidade ou exatidão de tais informações. O analista e a InfoMoney não se responsabilizam por nenhuma operação que for ou vier ser realizada pelos Investidores baseados nas informações aqui fornecidas, cabendo a eles, exclusivamente, a decisão de adquirir ou alienar valores mobiliários e o eventual ônus ou retorno financeiro decorrente de tal decisão. Este material não pode ser reproduzido ou redistribuído, no todo ou em parte, sem o prévio consentimento por escrito da InfoMoney.