Balanços em destaque

Mitre (MTRE3) tem queda de 76,7% do lucro líquido no 3º trimestre de 2021, para R$ 5,35 milhões

A queda é principalmente consequência da operação de Total Return Equity Swap (TRS), que totalizou perda contábil de R$ 11,1 milhões

Por  Equipe InfoMoney -

A Mitre (MTRE3) reportou queda de 76,7% no lucro líquido do terceiro trimestre de 2021 (3TRI21), despencando de R$ 22,982 milhões, no mesmo período do ano passado, para R$ 5,348 milhões.

A queda é principalmente consequência da operação de Total Return Equity Swap (TRS), que totalizou perda contábil de R$ 11,1 milhões no trimestre. Segundo a empresa, excluindo esse efeito, a Mitre obteve lucro líquido recorrente de R$ 16,4 milhões, ainda assim uma queda de 44,6% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) caiu 49,7%, de R$ 28,233 milhões há um ano para R$ 14,204 milhões no atual trimestre analisado. A margem Ebitda (Ebitda/receita líquida) recuou 10,5 pontos percentuais, para 9,2%.

O Ebitda ajustado recuou 42,4%, chegando a R$ 16,306 milhões, com margem caindo 9,2 pontos percentuais, para 10,6%.

A receita líquida, entretanto, avançou 7,5% no período, para a R$ 154,120 milhões.

“Esse aumento”, explica a empresa, “é decorrente do bom desempenho de vendas de lançamento e estoque e da evolução física das obras em andamento, que, dada a metodologia do POC (Percentage of Completion), determina o reconhecimento da receita das unidades vendidas de forma proporcional e de acordo com a evolução do custo incorrido de cada projeto”.

O Índice de Vendas sobre Oferta (VSO) de lançamentos foi de 28,1%, com VSO de 54,6% nos últimos 12 meses e de 20,3% no trimestre.

As vendas líquidas chegaram a R$ 147,184 milhões, queda de 42,5%, na comparação ano a ano, com distratos crescendo 3%.

Foram 336 unidades lançadas no trimestre, contra 927 há um ano, uma queda de 63,8%.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O banco de terrenos (landbank) chegou a R$ 5,874 bilhões em Valor Geral de Vendas (VGV), com aquisição de R$ 332,7 milhões no trimestre.

Compartilhe