Crise grega

Ministros e credores querem mais comprometimento da Grécia, diz oficial europeu

De acordo com o jornal britânico The Guardian, os credores estão elaborando uma resposta para a proposta de resgate feita pela Grécia - destacando quais medidas extras são necessárias

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

Um oficial europeu que participa da reunião do Eurogrupo neste sábado, sobre um possível novo resgate para a Grécia, afirmou que os credores internacionais querem “compromissos mais específicos e concretos” do governo grego de que irão cumprir as reformas prometidas. De acordo com o jornal britânico The Guardian, os credores estão elaborando uma resposta para a proposta de resgate feita pela Grécia – destacando quais medidas extras são necessárias.

Ainda, segundo o The Guardian, os ministros de finanças da zona do euro podem não chegar a um acordo esta noite, atrasando uma decisão da cúpula de líderes da União Europeia , que reúnem-se amanhã, às 13h (de Brasília).

O oficial europeu, que pediu anonimato, pois não está autorizado a falar publicamente, afirmou que há um sentimento geral no encontro de que as propostas da Grécia chegaram tarde mais, e por isso, é preciso mais provas do comprometimento do governo para garantir o resgate.

Aprenda a investir na bolsa

Segundo o oficial, esse comprometimento não significa “necessariamente medidas de austeridade”.

Mesmo assim, as medidas propostas, que incluem mudanças há muito tempo requeridas pelos credores, como a mudança nos fundos de pensão e impostos sobre vendas, não parecem ser suficientes. Após meses de deterioração nas relações, os credores exigem ações legislativas firmes para legitimar as propostas.