Regulação de criptos

Ministério das finanças russo sai em defesa de criptomoedas após proposta de banimento

Um funcionário falou que o órgão se opõe à posição do Banco Central da Rússia, que pediu o banimento total dos ativos digitais

Por  CoinDesk -

A Rússia não precisa banir as criptomoedas, mas sim regulá-las, disse o chefe do departamento de política financeira do Ministério das Finanças do país, Ivan Chebeskov, em uma conferência sobre ativos digitais realizada pelo veículo de mídia russo RBK nesta terça-feira (25).

Chebeskov falou que o ministério se opõe à posição do Banco Central da Rússia, que no início deste mês divulgou um relatório pedindo a proibição total do trade e da mineração de ativos digitais.

“Precisamos regular, não proibir”, comentou Chebeskov. “A regulamentação é suficiente para proteger nossos cidadãos”, completou.

O Ministério das Finanças preparou um conjunto de propostas sobre o tema, e agora aguarda a avaliação do governo, disse. Proibir transações de criptomoedas e mineração significaria prejudicar o desenvolvimento tecnológico do setor, afirmou Chebeskov. “Precisamos deixar essas tecnologias se desenvolverem.”

O relatório do Banco da Rússia sobre criptomoedas chamou esses ativos de ameaça à estabilidade econômica do país. O documento sugeriu a proibição da negociação e da mineração, bem como a introdução de uma punição para aqueles que violarem a lei russa que proíbe o uso de criptoativos para pagamentos. O banco aguarda um feedback sobre o relatório até 1º de março.

A Bloomberg informou na semana passada que a agência de segurança russa FSB convenceu a presidente do banco central da Rússia, Elvira Nabiulina, que o país deveria se preocupar com o uso de criptomoedas porque políticos de oposição já as estavam utilizando.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receba a Newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe