Ministério da Fazenda deve fazer nova emissão de títulos verdes, diz diretor do BNDES

Segundo o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, a emissão dos títulos de dívida internacional com critérios sustentáveis deve acontecer nas próximas semanas

Estadão Conteúdo

(Getty Images)
(Getty Images)

Publicidade

O diretor de Planejamento e Relações Institucionais do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Nelson Barbosa, apresentou, em Pequim, o Fundo do Clima como oportunidade para investidores chineses, e confirmou que o MInistério da Fazenda deve fazer uma nova emissão de green bonds.

“Após a capitalização com US$ 2 bilhões (aproximadamente R$ 10,5 bilhões) e a demanda crescente, o Ministério da Fazenda deve fazer nova emissão de green bonds“, disse Barbosa, segundo nota divulgada pelo BNDES nesta quarta-feira, 5.

Segundo o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, a emissão dos títulos de dívida internacional com critérios sustentáveis deve acontecer nas próximas semanas.

Continua depois da publicidade

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de crescimento para os próximos meses e anos

Outra oportunidade apresentada aos investidores chineses foram os projetos de concessão de florestas para exploração sustentável e de crédito de carbono, estruturados pelo BNDES, dentro das iniciativas de recuperação de áreas degradadas. “Neste momento, estamos estruturando uma área que equivale ao tamanho de Portugal, 9 milhões de hectares. Estamos em contato com vários Estados e com o Serviço Florestal Brasileiro para ampliar a área de concessões de manejo de florestas para 25 milhões de hectares, o que equivale ao tamanho do Reino Unido”, disse.

Essas concessões, segundo Barbosa, têm grande potencial de gerar créditos de carbono de alta qualidade, que podem ser utilizados por empresas brasileiras e chinesas para compensar suas emissões.