Conteúdo editorial apoiado por
IM Trader

Mini-índice (WINJ24) rola contrato para abril em sessão de cautela após feriado de Carnaval e exterior

Confira o que esperar para o mini-índice nesta quarta-feira (14)

Rodrigo Petry

Gráfico de 60 minutos do mini-índice em fevereiro. Fonte: Clear Trader

Publicidade

Os contratos de mini-índice passam a ser negociados a partir de hoje com vencimento em abril (WINJ24), em substituição aos contratos com vencimento em fevereiro (WING24). Além da rolagem, vale atenção à abertura, após o feriado de Carnaval, que deixou os mercados fechados no Brasil, segunda e terça.

Na sexta (9), o mini-índice completou uma sequência de três pegões consecutivos em queda, registrando baixa de 0,08%, aos 130.300 pontos.

Assim, com base no último fechamento, o analista técnico Rodrigo Paz aponta como pontos de suporte os 129.740 (1), 128.735/128.000 (2) e 125.700 (3). Enquanto isso, as resistências encontram-se em 130.960 (1), 132.350 (2) e 133.300 (3).

“Para o pregão de hoje (quarta), é necessário bastante atenção e cautela, pelo menos no início do dia, pois o índice e os ativos da bolsa devem refletir o movimento do cenário externo durante o feriado do carnaval. O principal movimento do mini-índice segue sendo de baixa, e possui potencial para seguir tal movimento. Para isso terá que romper a faixa de 129.740 pontos para buscar novas faixas de suporte. Apesar disso, é válido atenção, pois na atual faixa poderá entrar força compradora após sequência baixista. Logo, é necessário atentar-se às principais regiões de resistência, pois seguindo o movimento poderá testá-las”, aponta Paz. 

Segundo ele, é possível notar por meio do gráfico que o ativo negocia em tendência de baixa, com LTB traçado. O foco fica na região de 129.740 pontos, logo, se romper, poderá dar mais fôlego ao movimento de vendas.

Os principais pontos de suporte, acrescenta, estão localizados nos 128.735; caso supere tal faixa deverá mirar alvo nos 128.000  e alvo mais longo nos 125.700 pontos. 

“Seguimos atentos às principais faixas de resistência, pois caso haja retomada compradora no suporte dos 129.740 pontos, poderá impulsionar compras. Caso siga o fluxo comprador será necessário romper as regiões de 130.960, para então mirar faixa de 132.350 e alvos mais longos nos 133.300 pontos.” 

Gráfico 15 minutos mini-índice. Fonte: Nelogica. Elaboração técnica: Rodrigo Paz

Ibovespa Futuro (WINJ24): Gráfico de 60 minutos

Segundo Paz, por meio do gráfico de 60 minutos, é possível notar que o ativo negocia abaixo das médias e poderá testar novas faixas de suporte no curto prazo. Logo, se romper a faixa de 129.740/128.735 pontos poderá dar continuidade às baixas.  

“Após as altas recentes, podemos notar que o mini-índice recua e pode dar continuidade ao movimento baixista. O ativo completou o terceiro dia seguido em baixa (na sexta). Agora a atenção se volta à faixa de suporte nos 129.740/128.735 pontos, pois caso seja perdida poderá intensificar movimento vendedor”, diz Paz.

De acordo com ele, caso dê continuidade ao movimento de baixa poderá testar novas faixas de suporte. Os próximos alvos estão nos 129.740, com alvos mais longos nos 128.735/128.000 e no suporte de 125.700 pontos. 

Para que o ativo retome o movimento de alta deverá superar a região de médias nos 130.670/131.060 para mirar alvos mais altos. Caso rompa tais regiões poderá buscar alvo nos 131.940/132.350 e a região mais longa nos 133.300 pontos, completa.

Gráfico 60 minutos mini-índice. Fonte: Nelogica. Elaboração técnica: Rodrigo Paz

Guias de análise técnica: