Minério de ferro sobe, mas fecha semana em queda por problemas com demanda da China

O contrato de setembro do minério de ferro mais negociado na Bolsa de Mercadorias de Dalian (DCE) da China encerrou as negociações do dia com alta de 1,97%

Reuters

Minério de ferro (Foto: REUTERS/David Gray)
Minério de ferro (Foto: REUTERS/David Gray)

Publicidade

CINGAPURA (Reuters) – Os contratos futuros de minério de ferro subiram pela segunda sessão consecutiva nesta sexta-feira, apoiados pela produção de metal quente acima do esperado, embora as preocupações com a demanda e os altos estoques portuários na China, principal mercado consumidor do minério, tenham pressionado os preços para baixo pela terceira semana consecutiva.

O contrato de setembro do minério de ferro mais negociado na Bolsa de Mercadorias de Dalian (DCE) da China encerrou as negociações do dia com alta de 1,97%, a 827,50 iuanes (114,05 dólares) a tonelada. No entanto, o contrato caiu 1,7% na semana até o momento.

O minério de ferro de referência para julho na Bolsa de Cingapura subiu 0,23%, para 107,1 dólares a tonelada.

Continua depois da publicidade

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita 

A média diária de produção de metal quente entre as siderúrgicas pesquisadas subiu 1,5% em relação à semana anterior, para 2,39 milhões de toneladas em 14 de junho, a maior desde novembro de 2023, mostraram dados da consultoria Mysteel, superando as expectativas.

O metal quente é um produto de alto-forno e um indicador-chave da demanda de minério.

Continua depois da publicidade

Além disso, o banco central da China realizou uma reunião na quarta-feira para promover apoio financeiro para moradias acessíveis em uma tentativa de acelerar as vendas de estoque de imóveis não vendidos, o mais recente esforço para reviver o setor imobiliário em apuros.

“O governo da China está tentando reanimar o setor imobiliário com alguns recursos aplicados, mas acho que haverá mais algumas medidas que precisam ser aplicadas no mercado para apoiá-lo e proporcionar confiança ao consumidor”, disse Soni Kumari, analista do ANZ.

“As tendências estruturais sugerem que o mercado terá desempenho mais moderado, em vez de uma recuperação substancial. Portanto, toda alta será uma oportunidade de venda.”

Continua depois da publicidade

A BMI Research disse em nota que “um forte acúmulo de estoques de minério de ferro nos portos da China continental, aumentando para 147,3 milhões de toneladas em 7 de junho, tem o potencial de limitar os preços nos próximos meses”.