Commodities

Minério de ferro sobe 4,5% e atinge maior nível desde agosto de 2019 com boas perspectivas para China

Commodity negociada em Qingdao avançou 4,5%, atingindo US$ 111,85 a tonelada

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O minério de ferro segue registrando fortes ganhos. Na sessão desta segunda-feira (13), os preços spot da commodity com pureza de 62% negociada no porto de Qingdao, na China, atingiram US$ 111,85 a tonelada, com alta de 4,5%, no nível mais alto desde agosto de 2019.

Já os preços dos contratos futuros do minério de ferro, negociados na bolsa de mercadorias de Dalian, na China, subiram 4,80%, a 791 iuanes.

“Acreditamos que isso ocorre como resultado de: i) forte demanda da China, com níveis de produção de aço renovando recordes; ii)  mercado ainda em movimento de recuperação em meio às quedas de exportações do Brasil e iii) melhora do sentimento geral com a economia chinesa”, destacam os analistas do Itaú BBA.

Aprenda a investir na bolsa

Sobre o segundo ponto, eles ressaltam que, apesar das altas das exportações do Brasil, ainda levará  cerca de 45 dias para a commodity chegar aos portos chineses.

Conforme destacam os analistas, essa alta é positiva para a Vale (VALE3) e particularmente positiva para a CSN (CSNA3).

O passo a passo para trabalhar no mercado financeiro foi revelado: assista nesta série gratuita do InfoMoney.