Microsoft anuncia contenção de despesas

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

Após anunciar que não deve atingir as expectativas iniciais com relação às vendas, a gigante de softwares Microsoft, planeja reduzir custos em suas linhas de negócios, mas deve aumentar alguns salários para manter executivo de alta performance na empresa.

Na semana passada, a Microsoft anunciou que deverá ter receitas 5% menores que a projeção inicial no quarto trimestre, além de reduzir as previsões de vendas para o próximo ano, citando a queda na demanda de microcomputadores como o principal motivo da aletração de perspectivas.

A empresa pediu aos diretores que contenham significantemente alguns gastos orçados ainda neste período. O CEO da companhia, Steve Ballmer, pediu para que os altos executivos reiterem a filosofia de gastos conscientes adotada no início das operações da empresa. Além disso, a empresa anunciou que ficará focada nas operações em linhas de negócios consideradas prioritárias para a empresa.

As ações da Microsoft já acumulam queda de cerca de 21% desde o dia do anúncio, há cerca de uma semana. Hoje, as ações da empresa, estão sendo negociadas a US$ 47,375, baixa de 3% em relação ao fechamento anterior.

Compartilhe