Mercados globais retomam tom positivo no último pregão da semana

Seguindo Wall Street, Ibovespa apresenta alta; Moody's reafirma rating soberano dos EUA; dólar registra queda

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Os mercados globais operam em terreno positivo nesta sexta-feira (22). A recuperação nos preços de commodities ajuda a sustentar os ganhos do Ibovespa, que acompanha o bom humor em Wall Street, após a agência de classificação Moody’s reafirmar o rating soberano dos EUA.

Na véspera, o rebaixamento da perspectiva para o rating soberano do Reino Unido gerou dúvidas sobre um eventual início de uma onda de rebaixamentos nas classificações de países desenvolvidos, que poderia atingir o Japão e até mesmo os Estados Unidos.

O cenário corporativo nos EUA traz referências distintas: a varejista Sears apresentou lucro líquido de US$ 26 milhões no primeiro trimestre, ante o prejuízo de US$ 56 milhões no mesmo período do ano passado. Já a AIG tem como notícia a saída de Edward Liddy das funções de chairman e de CEO (Chief Executive Officer). A duração da chefia de Liddy à frente da seguradora foi de oito meses.

Agenda

Aprenda a investir na bolsa

O PIB (Produto Interno Bruto) do Reino Unido recuou 4,1% durante o primeiro trimestre de 2009 em relação ao mesmo período do ano passado e 1,9% quando comparado com o trimestre anterior.

Com alternativas restritas, o BoJ (Bank of Japan) decidiu manter a política monetária japonesa inalterada, ao manter a taxa básica de juro em 0,1% ao ano.

Treasuries

Mantendo a tendência da véspera, os preços dos Treasuries operam em queda, puxando para cima seus rendimentos. As atenções se voltam agora para os leilões de venda que o Tesouro norte-americano realizará na próxima semana.

O secretário de Tesouro dos EUA, Timothy Geithner, disse na véspera que a administração do Obama está comprometida a reduzir o déficit público do governo.

Petróleo

Os preços do barril de petróleo operam sem tendência definida nos principais mercados. Segundo relatório do Departamento de Energia dos EUA, houve uma retração de 7,6% na demanda por combustíveis na última semana.

No Brasil

No Brasil, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) surpreendeu grande parte do mercado ao anunciar inflação de 0,59% para o IPCA-15 (Índice de Preços ao Consumidor Amplo – 15).

PUBLICIDADE

Considerado uma prévia do IPCA – o índice oficial da inflação doméstica – o indicador mostrou aceleração de 0,23 ponto percentual na comparação com medição equivalente feita no mês passado (0,36%). De acordo com analistas da Gradual Investimentos e da LCA Consultores, o resultado não deve, porém, pressionar o acumulado anual do indicador.

Dólar e DI

No mercado de câmbio, a moeda norte-americana registra baixa de 0,29% frente ao real, cotada a R$ 2,03. E os juros futuros operam sem rumo único na BM&F Bovespa.

Bolsa

O Ibovespa
apresenta alta de 1,07% nesta tarde e atinge 50.626
pontos. O volume financeiro é de R$ 1,862 bilhão.

O principal destaque positivo fica com as ações JBS ON
(JBSS3), que registram
valorização de 3,19% e são
cotadas a R$ 6,14.
Com essa variação, a alta acumulada desde o início do ano chega a 25,98%.

Por outro lado, o pior desempenho fica com os papéis
TIM Part ON (TCSL3),
que são cotados a R$ 7,22 e apresentam forte baixa de 3,48%.

As maiores altas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

Cód.AtivoCot R$% Dia% AnoVol1
JBSS3 JBS ON 6,14 +3,19 +25,98 4,91M
CMIG4 Cemig PN 25,89 +2,82 +7,67 29,22M
VIVO4 Vivo Part PN 37,83 +2,80 +38,95 4,66M
VCPA4 VCP PN 21,65 +2,61 +20,75 5,10M
RSID3 Rossi Resid ON 7,50 +2,60 +102,37 5,28M

As maiores baixas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

Cód.AtivoCot R$% Dia% AnoVol1
TCSL3 TIM Part ON 7,22 -3,48 +47,05 872,45K
BRTP4 Brasil T Par PN 17,45 -1,36 +0,23 1,82M
CLSC6 Celesc PNB N2 32,10 -1,14 -2,16 529,94K
LAME4 Lojas Americanas PN 8,83 -1,12 +41,37 12,95M
ELET6 Eletrobras PNB 24,30 -0,86 +6,79 12,63M


* – Lote de mil ações
1 – Em reais (K – Mil | M – Milhão | B – Bilhão)

PUBLICIDADE