Preocupante

Média de isolamento social em SP continua abaixo do mínimo estabelecido de 55%

Número de casos divulgados nesta quarta foi mais que o dobro do que o informado pelo governo estadual na atualização anterior

Vista aérea da Avenida Paulista, na área central de São Paulo
Vista aérea da Avenida Paulista, na área central de São Paulo (Alexandre Schneider/Getty Images)
Aprenda a investir na bolsa

O governo de São Paulo informou que a taxa de isolamento social registrada ma terça-feira, 12, no Estado foi de 47%, e na capital paulista de 48,4%. Os números seguem abaixo dos 55% estabelecidos pelo governador João Doria (PSDB) para que as medidas de restrição contra a pandemia do novo coronavírus sejam flexibilizadas.

Segundo o secretário da Saúde de SP, José Henrique Germann, o Estado registrou mais 3.378 casos e 169 novos óbitos por covid-19 nas últimas 24 horas.

Enquanto o acréscimo no número de mortes foi similar aos reportados na terça, de 206, o número de casos divulgados nesta quarta foi mais que o dobro do que o informado pelo governo estadual na atualização anterior, quando 1.580 pessoas foram adicionadas ao quadro de infectados pelo coronavírus no Estado.

Aprenda a investir na bolsa

Ao todo, São Paulo contabilizou 51.097 pessoas com covid-19, além de 4.118 óbitos pela doença.

Doria ainda informou que o governo paulista irá liberar, a partir da quinta-feira, R$ 30 milhões para as prefeituras de Santos, Praia Grande e Itanhaém adquirirem cerca de 350 leitos para tratar pacientes com o novo coronavírus. Segundo o governador, 50 serão leitos destinados à terapia intensiva.

Ele afirmou que as verbas serão destinadas a essas cidades pois elas fazem parte da região da Baixada Santista, a segunda mais atingida pela pandemia no Estado, atrás da Região Metropolitana da capital.