Marcopolo (POMO4) tem recomendação elevada e se torna ‘top pick’ para BBI; Tupy (TUPY3) é cortada para neutro

Ações da companhia subiram 125% no último período em que foi considerada preferida do banco

Camille Bocanegra

Publicidade


O Bradesco BBI alterou sua recomendação para Marcopolo (POMO4) de neutro para outperform (perfomance acima da média, similar à compra) e voltou a considerar nome como “top pick”, juntamente com Embraer (EMBR3). No relatório, o banco mudou a classificação de Tupy (TUPY3), rebaixando o papel para neutro e com preço-alvo de R$ 30,00.

A análise destaca a trajetória da Marcopolo, que era considerada “top pick” em dezembro de 2022 mas foi rebaixada para neutra em junho de 2023 pelo banco. Nesse período, o papel teve avanço de 125%. Agora, a elevação de recomendação vem acompanhada de otimismo para o nome.

“Estamos promovendo a Marcopolo porque esperamos que seu ciclo positivo continue por mais 3 anos, o que poderia resultar em uma revisão positiva do lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) de cerca de 7% para o período de 2024-26”, considera o BBI.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Para o banco, a renovação da frota de ônibus urbanos deve garantir volumes para os próximos anos e a Marcopolo teve uma recuperação significativa nas vendas de ônibus nos últimos trimestres. “Assim, como as fortes vendas de ônibus foram alavancadas pela renovação da frota e pela migração dos passageiros das companhias aéreas para viagens de ônibus devido aos altos preços das passagens aéreas, acreditamos que esse movimento possa ganhar ainda mais força – justificando a nossa mudança de recomendação neste momento”, aponta.

O rebaixamento da Tupy, por sua vez, vem motivado pela expectativa de produção mais fraca de caminhões nos EUA e na Europa, além da recuperação gradual no Brasil, e pela visão de que o mercado também realizará corte da projeção de Ebitda da companhia em 8% para 2024.

O Bradesco BBI realizou ajustes de modelos no setor de bens de capital, com elevação de preço-alvo para Randoncorp (RAPT4) de R$ 15 para R$ 16, e mantendo com recomendação outperform.

Continua depois da publicidade

Houve manutenção das classificações para Iochpe-Maxion (MYPK3) (que segue neutra, com preço-alvo de R$ 15) e Mahle Metal Leve (LEVE3), que é vista como underperform (performance abaixo da média, equivalente à compra). A WEG (WEGE3) teve seu modelo de avaliação e sua classificação mantidos como Neutro, com preço-alvo de R$ 37,00.