Mania de torpedo: preço de mensagens SMS varia de R$ 0,19 a R$ 0,39

Quem não dispensa envio de mensagem de texto deve analisar perfil de uso do serviço antes de escolher empresa

Por  Flávia Furlan Nunes -

SÃO PAULO – De acordo com levantamento realizado pela empresa de consultoria em telecomunicações Teleco, o custo das mensagens de celular SMS pode variar de R$ 0,19 a R$ 0,39, o que mostra que o consumidor deve analisar bem o próprio perfil de uso do serviço, antes de contatar a operadora.

Os dados mostram que um torpedo enviado de uma linha pós-paga de um celular da Sercomtel para a mesma operadora ou para outras custa R$ 0,19, enquanto que uma mensagem da TIM em plano pré-pago para qualquer outra operadora tem o valor de R$ 0,39.

Pré-pago mais caro

Antes de analisar qual tipo de linha assinar, o consumidor também precisa levar em consideração a “mania por torpedos”. Isso porque, em alguns casos, o valor da mensagem em um plano pós-pago sai mais barato do que nas linhas pré-pagas.

A diferença menor é na operadora Vivo, na qual as mensagens de planos pós-pagos custam R$ 0,35 para qualquer empresa, enquanto o valor nas linhas pré-pagas é de R$ 0,36. O caso mais significativo, por sua vez, é o da Sercomtel.

Na empresa, o valor das mensagens de celulares pós-pagos é de R$ 0,19, mas nos pré-pagos chega a ser de R$ 0,30.

Serviços

O valor dos torpedos pode parecer pequeno, mas as pessoas costumam usar com freqüência o serviço. Para se ter uma idéia, a pesquisa mostrou que, nos últimos três meses, a atividade mais realizada com o celular foi o envio de mensagens, com 93,1% das respostas dos quase 1.000 entrevistados.

Em seguida, estavam o acesso à internet, com 51,2% das respostas, e a utilização de foto-mensagem, o chamado de MMS, com 43,5%. No tipo de torpedo que adiciona arquivos de música, fotos e outros, os preços vão de R$ 0,49 (Amazônia Celular, Telemig Celular e Oi) a R$ 0,99 (TIM).

Neste tipo de torpedo, apenas na Vivo o valor para pós-pago e pré-pago é diferenciado, de R$ 0,50, no primeiro caso, e de R$ 0,70, no segundo.

Compartilhe