Lucro líquido de Wal-Mart e Home Depot avançam e animam mercado nos EUA

Animada com desempenho, Wal-Mart eleva guidance para este ano, enquanto lucro da Home Depot avança 6,8%

Por  Luis Madaleno -

SÃO PAULO – O lucro líquido do Wal-Mart, maior varejista do mundo, registrou um aumento durante o segundo trimestre, passando dos US$ 3,47 bilhões (US$ 0,89 por ação) apurados um ano antes, para US$ 3,59 bilhões (US$ 0,97 por ação).

A cifra divulgada nesta terça-feira (17) também ficou acima das projeções dos analistas, que previam ganhos por ação de US$ 0,96, conforme levantamento feito pela Thomson Reuters. 

A varejista também registrou uma alta de 3% na receita líquida na base de comparação anual, atingindo US$ 103,7 bilhões. No entanto, o montante fica abaixo das projeções dos analistas, que sugeriam receita de US$ 105,3 bilhões. Além disso, as receitas provenientes do mercado norte-americano tiveram uma contração acima do esperado.

Guidance
Levando em consideração o desempenho melhor do que o esperado no segundo trimestre e expectativas de continuidade da boa gestão, a diretoria do Wal-Mart optou por elevar o guidance para o lucro por ação de 2010, passando do intervalo entre US$ 3,90 e US$ 4,00, para a faixa entre US$ 3,95 e US$ 4,05.

Home Depot
Por seu turno, a Home Depot, maior rede varejista de materiais de construção e de artigos para o lar dos Estados Unidos, reportou lucro líquido de US$ 1,19 bilhão durante o segundo trimestre fiscal de 2010, encerrado em agosto, alta de 6,8% frente ao resultado verificado no mesmo período do ano passado.

Contudo, o lucro por ação de US$ 0,66 ficou abaixo das expectativas do mercado, que sugeriam algo em torno de US$ 0,71 por ação, de acordo com estimativas colhidas pela FactSet Research. 

As vendas no segundo trimestre totalizaram US$ 19,41 bilhões, avanço de 1,8% frente ao computado na temporada de 2009. As vendas no conceito ‘mesmas lojas’ avançaram 1,7%.

Projeções mantidas
Junto ao resultado, a varejista norte-americana reiterou seu guidance para este ano, à espera de um recuo de aproximadamente 2,6% nas vendas anuais e um lucro por ação de US$ 1,90, considerando as operações contínuas da companhia.

Resposta
Os resultados de ambas as varejistas foram bem recebido pelo mercado. Há pouco, os papéis de Wal-Mart e Home Depot ascendiam 0,85% e 1,17%, respectivamente, no pré-market da bolsa de Nova York. 

Compartilhe