Lucro da Texas Instruments recua no terceiro trimestre, mas supera projeções

Companhia lucrou US$ 0,42 por ação no período, contra estimativas de US$ 0,39; papéis sobem no after hours

Por  Thiago Salomão

SÃO PAULO – Após o fechamento dos mercados nesta segunda-feira (19), a Texas Instruments divulgou seu resultado referente ao terceiro trimestre do ano. Mesmo com o lucro líquido sinalizando queda em relação ao ano passado, o desempenho foi melhor do que o esperado pelos analistas, contribuindo para o bom desempenho de suas ações no after hours.
Segundo balanço divulgado pela fabricante de chips, os ganhos acumulados no período entre julho e setembro foram de US$ 538 milhões – ou US$ 0,42 por ação -, ao passo que no mesmo período em 2008 o lucro foi de US$ 563 milhões – US$ 0,43 por ação. Contudo, o número superou as projeções do mercado, que giravam em torno de US$ 0,39 por ação.
A mesma tendência foi vista nas vendas da empresa. Os US$ 2,9 bilhões registrados neste ano surpreenderam os analistas, que esperavam para este quarto uma receita em torno de US$ 2,8 bilhões. Contudo, o volume vendido mostra declínio em comparação a 2008, quando o resultado apresentado foi de US$ 3,4 bilhões.
“Nós estamos criando coragem com o forte crescimento sequencial na demanda pelos nossos produtos nos dois trimestres passados”, disse em release o CEO (Chief Executive Officer) da Texas, Rich Templenton, que prevê para o último trimestre do ano um lucro por ação entre US$ 0,42 e US$ 0,50. Já a receita prevista está num patamar entre US$ 2,78 bilhões e US$ 3,02 bilhões.
Ações sobem no after hours

Após encerrarem o pregão regular com alta de 3,38%, os papéis da Texas Instruments acentuam sua trajetória positiva após o fechamento dos mercados, registrando no after hours da NYSE uma valorização próxima de 3,8%.

Compartilhe