Balanços

Lucro da MRV (MRVE3) frustra expectativas e fica em R$ 160 milhões no 3º trimestre; veja outros resultados

Empresas como Wilson Sons, CPFL Energia, Trisul e Even também apresentaram seus números trimestrais

SÃO PAULO — A empresa de engenharia MRV (MRVE3) registrou lucro líquido de R$ 160 milhões no terceiro trimestre deste ano. A cifra é 8% menor que o valor registrado no mesmo período do ano passado (R$ 174 milhões).

O resultado também frustrou as expectativas de analistas consultados pela Bloomberg, que previam lucro líquido de R$ 184,5 milhões para a companhia entre julho e setembro deste ano.

Já a receita operacional líquida da MRV ficou em R$ 1,57 bilhão — crescimento de 16,1% sobre um ano antes e pouco acima da projeção do mercado (R$ 1,53 bilhão). Foi também a maior receita operacional líquida da história da companhia.

PUBLICIDADE

O ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da empresa fechou o terceiro trimestre em R$ 248 milhões, R$ 10 milhões a mais do que o registrado no mesmo período de 2018 (alta de 4,2%).

Com isso, a margem ebitda da companhia (relação percentual entre geração operacional de caixa e a receita líquida) chegou a 15,8% no trimestre — uma queda de 1,8 ponto percentual na comparação anual.

Junto com o resultado, a companhia anunciou ainda que os dividendos extraordinários declarados pela Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária realizada no dia 25 de abril de 2019, no montante total de R$ 327.896.570,78, terá o seu pagamento em duas datas distintas, ainda em 2019.

Serão disponibilizados no dia 27 de novembro de 2019 a primeira distribuição dos dividendos extraordinários, no valor de R$ 163.948.285,39, sendo equivalente a aproximadamente R$ 0,37014261 por ação com base na posição acionária do dia 14 de novembro de 2019.

A data do segundo pagamento de dividendos não foi divulgada pela empresa.

Outras companhias também apresentaram seus balanços após o fechamento do mercado nesta terça-feira. Veja alguns dos números abaixo.

Wilson Sons

PUBLICIDADE

A Wilson Sons (WSON33) viu seu lucro líquido recuar 9,5% no terceiro trimestre deste ano, na comparação com o mesmo período de 2018, totalizando US$ 14 milhões.

A receita líquida da companhia também caiu: 7% na mesma base de comparação, fechando o período entre julho e setembro em US$ 106,1 milhões.

Já o ebitda da empresa recuou 11,6% sobre o resultado visto um ano antes — excluindo os efeitos do IFRS16 —, somando US$ 40,5 milhões.

“Os resultados dos terminais de contêiner diminuíram, uma vez que o crescimento econômico do Brasil continua fraco”, afirmou a empresa em nota.

CPFL Energia

A CPFL Energia (CPFE3) registrou lucro líquido de R$ 748 milhões no terceiro trimestre deste ano. O valor é 19,4% maior do que o registrado um ano antes (R$ 626 milhões).

Já a receita operacional líquida da empresa diminuiu 4,7% na mesma base de comparação, totalizando R$ 7,75 bilhões.

O ebitda consolidado da CPFL terminou o período entre julho e setembro em R$ 1,62 bilhão. O valor é 4,5% maior do que o registrado um ano antes (R$ 1,55 bilhão).

Com isso, a relação entre dívida líquida e ebitda da companhia caiu de 2,92x no terceiro trimestre de 2018 para 2,68x no terceiro trimestre de 2019.

PUBLICIDADE

“Em termos operacionais, a venda de energia em nossas áreas de concessão neste trimestre, assim como no mercado brasileiro, não apresentou destaque significativo, impactada ainda, principalmente, pela desaceleração industrial”, disse a empresa em nota.

Even

A Even (EVEN3) registrou lucro líquido de R$ 16,5 milhões no terceiro trimestre deste ano, revertendo um prejuízo de R$ 12,4 milhões visto um ano antes.

A receita líquida da companhia atingiu R$ 358 milhões, o que representa uma queda de 39% sobre o terceiro trimestre de 2018.

Já o ebitda ajustado da Even, que exclui efeitos de encargos financeiros apropriados ao custo (dívida corporativa e financiamento de terrenos e produção), ficou em R$ 48,56 milhões entre julho e setembro — alta de 83% na comparação anual.

A empresa conseguiu reduzir sua alavancagem para 30,1% no terceiro trimestre de 2019, ante 37,9% no mesmo período do ano passado.

Trisul

A Trisul (TRIS3) teve lucro líquido de R$ 42,6 milhões no terceiro trimestre deste ano, o que configura alta de 102% ante o mesmo período de 2018.

Já a receita operacional líquida da companhia totalizou R$ 218,4 milhões, elevação de 42% na mesma base de comparação.

O ebitda da empresa subiu 89%, para R$ 51,7 milhões. Com isso, a margem ebitda da companhia ficou em 25,3%, ante 20,2% no terceiro trimestre do ano passado.

PUBLICIDADE

“Nos nove meses de 2019, concluímos os empreendimentos Origem Vila Madalena, Bella Bonina e Eldorado, Praça Estação Jandira – Fase 1, Royal Ipiranga, Synthesis Pinheiros, totalizando um VGV de R$ 460 milhões em 707 unidades”, disse a empresa em relatório.

Seja sócio das melhores empresas da Bolsa: abra uma conta na Clear com taxa ZERO para corretagem de ações!