Balanço

Lojas Renner tem queda de 94% no lucro no 1º tri com fechamento de lojas por causa do coronavírus

Lucro da varejista ficou em R$ 10,4 milhões entre janeiro e março, contra resultado de R$ 161,6 milhões um ano antes

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A varejista de moda Lojas Renner (LREN3) viu seu lucro líquido cair 93,6% no primeiro trimestre em relação ao mesmo período do ano passado, para R$ 10,4 milhões – ante R$ 161,6 milhões anteriormente.

Enquanto isso, o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) fechou o período em R$ 110,9 milhões, uma queda de 64,9% em um ano. A receita líquida com vendas, por sua vez, recuou apenas 6,1%, a R$ 1,55 bilhão.

Segundo a companhia, a queda do lucro se deu pelo menor Ebitda gerado no período, assim como do crescimento das despesas com depreciações, reflexo dos ativos fixos e investimentos realizados em períodos anteriores.

PUBLICIDADE

A Renner destacou que foi uma das primeiras a adotar medidas de isolamento, fechando todas as suas lojas físicas do Brasil, Uruguai e Argentina entre os dias 18 e 20 de março.

Por outro lado, ela destacou que desde 24 de abril começou a reabrir algumas unidades. Hoje, são 18,3% das lojas em funcionamento.

“Estamos acelerando o processo de transformação digital do negócio, com antecipação de etapas do roadmap de nossos projetos
estruturantes, consequência das necessidades geradas pelo momento que vivemos”, disse a empresa sobre os próximos passos.

Neste cenário as vendas mesmas lojas (abertas a mais de 12 meses) tiveram redução de 10,7% entre janeiro e março de 2020. No mesmo período de 2019 houve uma alta de 12,7%.

A companhia explicou que, até o dia 13 de março, as vendas estavam em patamares de crescimento similares aos do quarto trimestre de 2019, com fluxo crescente nas lojas.

Por outro lado, na semana seguinte, por conta da pandemia do novo coronavírus, houve uma redução no horário de funcionamento das lojas e fechamento de algumas unidades, o que, de acordo com a empresa, “impactou de forma significativa a performance no período”.

PUBLICIDADE

Enquanto isso, as vendas através de Canais Digitais da Renner tiveram crescimento, com aumento de 32,9% ante o primeiro trimestre de 2019, mesmo com a redução nos investimentos de marketing de performance, que diminuiu de maneira propositada as vendas, nos últimos dez dias do mês de março, com o objetivo de adaptar a operação e garantir a saúde e segurança dos colaboradores.

Quer viver do mercado financeiro ou ter renda extra? Experimente de graça o curso do Wilson Neto, um dos melhores scalpers do Brasil