Litro do álcool fica 0,88% mais barato; preço do GNV fica estável

Queda do derivado de cana foi puxada por valores do Sul e Sudeste. Já o gás tem encarecimento acumulado de 6%

Por  Equipe InfoMoney -

SÃO PAULO – Ao que tudo indica, a semana encerrada em 19 de maio não foi de turbulências muito fortes no preço do combustíveis. Na comparação com os sete dias findos no dia 12 do mesmo mês, o litro do álcool ficou 0,88% mais barato em nível nacional, passando de R$ 1,695 para R$ 1,680.

Os dados são de levantamento da Agência Nacional de Petróleo e Gás. Além disso, o vilão do bolso do consumidor nas três semanas anteriores, o gás natural veicular (GNV), após acumular encarecimento de 6%, ficou, também na média Brasil, com o preço estável em R$ 1,333 o metro cúbico, no período.

Safra e entressafra

O barateamento mais acentuado do álcool chega com a colheita de cana-de-açúcar 2007, que deve começar em sua plenitude com a proximidade do final do mês.

Durante o período de entressafra, desde o final de dezembro do ano passado até abril deste ano, o consumidor pagou 11,54% a mais pelo combustível, sendo que o litro custava R$ 1,491 no último mês de 2006 e passou para R$ 1,663 no levantamento do mês passado.

A queda de maio, conforme os dados da ANP, foi puxada principalmente pelos barateamentos registrados no Sudeste (-1,30%) e no Sul (-1,25%). Em ritmo menos acentuado vieram o Centro-Oeste (-0,23) e o Nordeste (-0,06%), enquanto que na contramão esteve o Norte (0,89%).

Demais combustíveis

Analisando os demais combustíveis, em nível nacional houve estabilidade também no litro do diesel (R$ 1,858) – uma tendência bastante comum, devido ao fato de que a Petrobras tabela o preço do produto desde 2005.

Já a gasolina ficou 0,20% mais em conta, com o litro passando de R$ 2,538 para R$ 2,533. Esse combustível também tem o valor fixado pela estatal. No entanto, suas variações de preço correspondem ao quanto é cobrado pelo álcool anidro, que está presente em 23% de sua mistura.

O botijão de gás de cozinha (GLP) com 13 quilos passou de R$ 33,06 para R$ 33,04 – o que representa uma queda de 0,06% no valor.

Compartilhe