Construção

Lavvi (LAVV3) lucra R$ 24,5 mi no 4º trimestre, queda de 54% na base anual

Ebitda ajustado recuou 60%, por conta da menor receita e margem, elevando a fatia das despesas sobre o resultado

Por  Felipe Moreira

A Lavvi (LAVV3) registrou lucro líquido de R$ 24,5 milhões no quarto trimestre de 2021 (4T21), o que representa um crescimento de 54% em relação ao mesmo trimestre de 2020.

O lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado caiu 60% no 4T21, totalizando R$ 23,9 milhões.

“Com menor receita e margem, as despesas aumentam sua representatividade nos resultados e, portanto, levam a uma redução no Ebitda no período”, explicou a empresa.

Já a margem Ebitda ajustado atingiu 21,9% no período, baixa de 11,3 p.p. frente a margem registrada em 4T20.

Mais dados do balanço da Lavvi (LAVV3)

A receita líquida somou R$ 109 milhões entre outubro e dezembro do ano passado, queda de 39% na comparação com igual etapa de 2020.

As vendas líquidas totais somaram R$ 155,3 milhões no 4T21, retração de 56% sobre as vendas registradas em igual etapa de 2020.

O retorno sobre patrimônio líquido (ROE, na sigla em inglês) foi de 15% ao final de 2021.

O lucro bruto totalizou R$ 42,9 milhões no 4T21, queda de 40% em relação ao mesmo trimestre de 2020.

O caixa líquido da companhia ficou em R$ 571 milhões no final de dezembro de 2021, recuo de 41% em relação ao mesmo período de 2020.

No trimestre, houve geração de caixa de R$ 35 milhões. Neste aspecto, a Lavvi destaca o recebimento dos projetos, em especial o Villa Versace, que possui um índice de prepayment elevado, bem como o Grand Vitrali, que obteve alto valor de sinal recebido já no lançamento

O indicador de alavancagem financeira, medido pela dívida líquida/patrimônio líquido, ficou em -45,7% em dezembro/21, contra -74,2% de dezembro de 2020.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe