Surpresa

Kodak cria sua própria criptomoeda e anúncio faz ações dispararem 130%

Os profissionais de fotografia poderão registrar seus trabalhos em um blockchain, pagando pelo uso das imagens por meio das KodakCoins

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A Kodak, após afundar em uma dura crise nos últimos anos, pode estar se reencontrando no mercado. Nesta terça-feira (9), as ações da companhia chegaram a subir 135%, para US$ 7,65, após anunciar uma parceria com a Wenn Digital para lançar sua própria criptomoeda.

A ideia da companhia é criar uma moeda digital voltada para o mundo da fotografia. Utilizando o blockchain, a empresa pretende lançar uma plataforma, batizada de KodakOne, que irá funcionar como “um registro de contabilidade criptografado de direitos autorais para fotógrafos e agências”.

Pelo sistema, os profissionais de fotografia poderão registrar seus trabalhos em um blockchain. Enquanto isso, o pagamento para uso das imagens será feito no mesmo sistema usando moedas digitais chamadas de KodakCoins.

PUBLICIDADE

“Para os fotógrafos que há muito se esforçaram para afirmar o controle sobre seu trabalho e como ele é usado, essas palavras-chave são as chaves para resolver o que parecia um problema insolúvel”, disse o CEO da empresa, Jeff Clarke.

O ICO (Oferta Inicial de Moedas, na sigla em inglês), será feita em 31 de janeiro e está aberta para investidores de diversos países.