Klabin (KLBN11), Vivo (VIVT3), Cemig (CMIG4) e mais empresas aprovam pagamento de dividendos e JCP; confira condições

Vamos, Sanepar, Even, BMG, Randoncorp, Ouro Fino e Grazziotin também anunciaram a distribuição de proventos

Felipe Moreira

(Getty Images)

Publicidade

Diversas companhias aprovaram pagamentos de proventos nesta quinta-feira (14).

O Conselho de Administração da Klabin (KLBN11) aprovou o pagamento de juros sobre capital próprio (JCP) complementares relativos ao exercício de 2023, no valor de R$ 171 milhões, correspondente a R$ 0,03099714009 por ação ordinária e preferencial e R$ 0,15498570045 por Unit.

O pagamento dos juros sobre capital próprio será realizado em 26 de fevereiro de 2024.

Treinamento Gratuito

Manual dos Dividendos

Descubra o passo a passo para viver de dividendos e ter uma renda mensal previsível, começando já nas próximas semanas

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

As ações passarão a ser negociadas “ex-juros sobre capital próprio” a partir de 22 de dezembro de 2023.

Telefônica Brasil (VIVT3)

A Telefônica Brasil (VIVT3) aprovou a declaração de Juros Sobre Capital Próprio (JCP) no montante bruto de R$ 850 milhões, equivalente a R$ 0,51412208570 por ação.

O crédito dos JSCP será realizado com base na posição acionária constante dos registros da companhia ao final do dia 26 de dezembro de 2023. Após esta data as ações serão consideradas “ex-juros”.

Continua depois da publicidade

O pagamento do provento será realizado até 30 de abril de 2024, devendo a data ser definida pela Diretoria da companhia.

Cemig (CMIG4)

O Conselho de Administração da Cemig (CMIG4) deliberou pela declaração de Juros sobre o Capital Próprio (JCP) no valor bruto de R$ 1,323 bilhão, o equivalente a R$ 0,60102079554 por ação

Farão jus os acionistas detentores de ações ordinárias (ON) e preferenciais (PN) no dia 21 de dezembro de 2023.

As ações serão negociadas “ex-direitos” a partir de 22 de dezembro de 2023.

O pagamento será efetuado em 2 parcelas iguais, sendo a primeira até 30-06-2024 e a segunda até 30-12-2024.

Vamos (VAMO3)

O Conselho de Administração da Vamos (VAMO3) aprovou o pagamento de juros sobre o capital próprio aos acionistas, no valor de R$ 350 milhões, correspondente a R$ 0,319216941 por ação.

Farão jus aos juros sobre o capital próprio os detentores de ações de emissão da Companhia, conforme posição acionária de 19 de dezembro de 2023.

A data do pagamento do JCP será 7 de maio de 2024, “ad referendum” da Assembleia Geral Ordinária que aprovar as contas do exercício de 2023.

As ações da companhia serão negociadas ex-direito aos juros sobre capital próprio a partir de 20 de dezembro de 2023.

Sanepar (SAPR11)

A Companhia de Saneamento do Paraná – Sanepar deliberou pela atribuição de crédito contábil referente a “Juros sobre o Capital Próprio” em substituição aos dividendos obrigatórios, conforme previsão estatutária e com base nos resultados alcançados pela Companhia no período de julho a dezembro de 2023.

O valor bruto atribuído é de R$ 183,5 milhões, que corresponde a R$ 0,113850977 por ação ordinária e R$ 0,125236075 por ação preferencial. O valor para cada unit corresponde a R$ 0,614795278.

O crédito aos acionistas será atribuído com base na posição acionária de 28 de dezembro de 2023, e complementa o montante creditado contabilmente no 1º semestre de 2023 sob o mesmo título. A partir de 02 de janeiro de 2024, as ações serão negociadas ex-juros.

Even (EVEN3)

A Even (EVEN3) aprovou a distribuição de dividendos intercalares no montante de R$ 50 milhões, com base no lucro apurado no balanço do 3º trimestre de 2023, o que corresponde a R$ 0,25171794 por ação ordinária de emissão da companhia.

Terão direito aos dividendos declarados aqueles que forem acionistas na data base de 19 de dezembro de 2023.

As ações de emissão da Even serão negociadas ex-dividendos, a partir de 20 de dezembro de 2023.

Os dividendos intercalares declarados serão pagos em moeda corrente nacional, em parcela única, no dia 05 de janeiro de 2024.

Randoncorp (RAPT4)

A Randoncorp (RAPT4) informou que, no dia 24 de janeiro de 2024, será iniciado o pagamento de Juros Sobre o Capital Próprio (JCP), cuja distribuição foi aprovada em reunião do Conselho de Administração da Companhia realizada nesta quinta-feira (14).

O montante a ser pago é de R$ 117.975.599,95 e corresponde ao valor bruto de R$ 0,35936 por ação ordinária e preferencial, podendo ser imputado aos dividendos relativos ao exercício social a ser encerrado em 31 de dezembro de 2023, conforme ficar deliberado na Assembleia Geral Ordinária de 2024.

Terão direito ao recebimento dos JCP todos os titulares de ações da Randoncorp, na base acionária de 20 de dezembro de 2023, e as ações serão negociadas “ex-direito” ao JCP a partir de 21 de dezembro de 2023.

Banco Bmg (BMGB4)

O Banco Bmg (BMGB4) aprovou a declaração e o pagamento de JCP referente ao quarto trimestre de 2023, no valor bruto total de R$ 195,7 milhões, equivalente a R$ 0,33560 por ação ordinária e preferencial.

O pagamento aos acionistas será efetuado no dia 15 de fevereiro de 2024, tendo como base de cálculo a posição acionária final registrada no dia 21 de dezembro de 2023.

Dessa forma, a partir de 22 de dezembro de 2023, inclusive, as Ações do Banco passarão a ser negociadas “ex-direito”.

Ouro Fino (OFSA3)

O Conselho de Administração da Ouro Fino Saúde Animal aprovou o pagamento de juros sobre o capital próprio aos acionistas da Companhia, correspondente ao montante total bruto de R$ 14,9 milhões, correspondentes a R$ 0,276417470 por ação.

Terão direito ao recebimento do valor correspondente aos juros sobre capital próprio todos os detentores de ações da companhia na data base de 19 de dezembro de 2023, sendo que as ações de emissão da companhia passarão a ser negociadas ex-juros sobre capital próprio em 20 de dezembro de 2023.

O pagamento ocorrerá à vista em 28 de dezembro de 2023, sem que seja devida qualquer atualização monetária ou remuneração correspondente, entre a presente data e a data do seu efetivo pagamento.

Grazziotin (CGRA4)

A Grazziotin aprovou o crédito de juros sobre o capital próprio relativo ao exercício de 2023 no valor bruto de R$ 25,6 milhões. Para cada ação, ordinária e preferencial, o valor bruto a ser creditado será de R$ 1,274734.

O pagamento será realizado sem correção e a data do pagamento será fixada pela Assembleia Geral de acionistas, que será convocada para aprovar as demonstrações financeiras e a proposta da destinação do resultado do exercício de 2023.

O valor dos juros sobre o capital próprio acima informado será imputado ao valor dos
dividendos obrigatórios do exercício de 2023.

Os juros serão pagos de forma individualizada a cada acionista, com base na posição acionária do dia 20 de dezembro de 2023. Sendo que a partir do dia 21 de dezembro de 2023, inclusive, as ações da companhia passarão a ser negociadas “ex” direito ao pagamento dos juros ora declarado.