Urgente Bolsonaro decide tirar Joice Hasselmann da liderança do governo

Bolsonaro decide tirar Joice Hasselmann da liderança do governo

Maior pedido da história

Justiça aceita pedido de recuperação judicial da Odebrecht

De acordo com o juiz João de Oliveira Rodrigues Filho, o plano de recuperação judicial deverá ser apresentado no prazo de 60 dias

SÃO PAULO – O juiz da 1ª Vara de Falências de São Paulo, João de Oliveira Rodrigues Filho, aceitou o pedido de recuperação judicial do grupo Odebrecht e nomeou o escritório Alvarez & Marsal como administrador judicial. 

De acordo com o juiz, o plano de recuperação judicial deverá ser apresentado no prazo de 60 dias. Já o prazo para habilitações ou divergências aos créditos é de 15 dias.

Além disso, a decisão determina a suspensão de todas as ações ou execuções contra as empresas, conforme Lei de Recuperação e Falências. 

PUBLICIDADE

Em comunicado, a companhia informou que o processo envolve R$ 51 bilhões de dívidas passíveis de reestruturação, sendo que outros R$ 14,5 bilhões são compostos por dívidas lastreadas em ações da Braskem e não passíveis de reestruturação, totalizando R$ 65,5 bilhões. 

O juiz também acatou o pedido da Odebrecht para proteção das participações nas controladas Braskem, Ocyan e Atvos, cujas ações foram dadas em garantia para credores durante as reestruturações financeiras realizadas após a Operação Lava Jato. 

Já os juízos trabalhistas deverão encaminhar as certidões de condenação da companhia diretamente ao administrador judicial, que providenciará a inclusão na lista geral de credores.

Quer investir melhor o seu dinheiro? Clique aqui e abra a sua conta na XP Investimentos