Loretta Mester

Juros nos EUA podem ter que subir além do nível neutro, diz dirigente do Fed

Em entrevista ao Yahoo News, Loretta Mester afirmou que a taxa poderá ser elevada para além desse nível, com objetivo de combater efetivamente a inflação

Por  Estadão Conteúdo -

A presidente da distrital do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) em Cleveland, Loretta J. Mester, estimou nesta terça-feira, 10, que a taxa neutra de juros nos Estados Unidos está em cerca de 2,5%. Em entrevista ao Yahoo News, a dirigente afirmou que a taxa básica poderá ser elevada para além desse nível, com objetivo de combater efetivamente a inflação. Atualmente, as Fed Funds estão na faixa entre 0,75% e 1,00%.

Loretta J. Mester reconheceu que a taxa de desemprego pode ter alguns meses de alta e o que o Produto Interno Bruto (PIB) americano pode voltar a registrar nova contração, em meio ao aperto monetário. “Mas não acho que isso se será sustentado. O mercado de trabalho está em um posição em que há muito mais pessoas procurando emprego”, explicou.

A dirigente acrescentou que a volatilidade nos mercados financeiros decorrentes do processo de aperto de juros é “desconfortável”, mas “necessária” para conter a escalada inflacionária. De acordo com ela, a maior economia do planeta ainda dispõe de “impulso positivo”.

Loretta J. Mester, que vota nas reuniões do Fed este ano, defendeu ainda que o Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC, na sigla em inglês) considere a venda de títulos atrelados a hipotecas (MBS, em inglês) como parte do aperto quantitativo (QT).

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe